EDUCAÇÃO / TECNOLOGIA / UTILIDADE PÚBLICA

Como escolher um curso superior e uma faculdade?

Como escolher um curso superior e uma faculdade? Quais os critérios precisam ser avaliados? Preço, infraestrutura, corpo docente? Veja as dicas aqui.

Um curso superior antes de ser uma necessidade é para muitos um sonho. Todos sabem que é necessário tempo, dedicação, muito estudo e dinheiro, claro. Por isso, escolher um curso superior que esteja dentro das espectativas em uma faculdade séria é uma tarefa importante. Mas como escolher um curso superior e uma faculdade?

Fazer faculdade é para muitos um sonho, outros encaram como pura necessidade de se qualificar para enfrentar o mercado de trabelho cada vez mais concorrido. Neste ponto a dúvida comum é: qual curso devo fazer e como escolher uma faculdade ou universidade para fazer este curso? Neste artigo darei 5 dicas úteis para ajudá-lo a tomar esta importante decisão.

Vocação para o curso

A primeira coisa a fazer é perguntar a você mesmo qual é a sua vocação.  Segundo o Dicionário Pliberam, vocação é a inclinação que se sente para alguma coisa. É importante compreender isso pois seria muito frustrante você fazer um curso superior e depois descobrir que não era aquilo que você queria.

Os testes vocacionais que muitas faculdades fazem ou mesmo com um profissional mais qualificado pode ajudar bastante neste direcionamento. Esses testes ajudam, mas não determinam. Eu penso que conhecer pessoas que atuam na sua futura profissão ou mesmo um curso técnico ou livre na área ajudaria muito a compreender mais a fundo. Digo isso pois sou professor em curso técnico e muitos alunos se descobrem ali, outros simplesmente desaparecem.

Curso pago ou gratuito?

Depois é preciso definir a questão financeira, isto é, você pretende estudar em uma universidade pública (gratuita) ou em uma instituição particular e paga. É claro que de aneira geral todos gostariam de estudar nas públicas, até porque além de ser gratuita, muitas delas são tidas como de melhor qualidade que as pagas. O problema é que não há vagas para todos e com isso o vestibular é extremamente seletivo, então se fazer faculdade púclica for sua intenção será preciso levar em conta essa altíssima concorrência e preparar-se para enfrentá-la.

Se a alternativa for faculdades particulares, existe a possibilidade de concorrer a uma bolsa de estudos e caso isso não seja o seu caso, você precisará fazer uma boa pesquisa de preços avaliando conceito da instituição (ver abaixo) versus valores praticados.

Conceito, autorização e reconhecimento no MEC

O outro ponto a analisar é a qualidade do curso. Mas convenhamos, qualidade é algo subjetivo e não dá para medir numericamente isso, certo? Talvez! Para o Ministério da Educação isso é possível. Como órgão fiscalizador das instituições de ensino superiores, existe os conceitos CPC e IGC que podem ser melhores entendidos no artigo que fiz sobre o conceito do MEC para cursos superiores. Você também pode ler o artigo sobre como consultar cursos e faculdades no MEC que explica passo a passo o que fazer.

Visite a instituição

Eu ainda consideraria uma visita à faculdade ou universidade onde pretende estudar. Existem muitos fatores que podem ser melhores comprovados pessoalmente, especialmente se vcê tiver de mudar de cidade, neste caso é importante conhecer a cidade, sua rotina, onde iria morar, o trajeto casa-faculdade, a infraestrutura interna da faculdade, entre tantos fatores que só pessoalmente seria possível conhecer bem.

Se possível converse com alunos e ex-alunos

Por fim e se possível converse com alunos e ex-alunos daquela instituição ou com pessoas que fizeram ou fazem o curso que você deseja fazer. Normalmente existem coisas que só quem vive sabe e as experiências não podem ser desprezadas de forma alguma. Mas tome cuidado com as experiências negativas, é preciso interpretar se a fala de alguém é a fala de todos ou pelo menos de uma parcela significativa ou se é apenas uma experiência isolada.

Além de analisar tudo isso e filtrar bem as informações que conseguir existe uma recomendação fundamental que é orar a Deus pedindo direção para esta importante decisão. Todas as coisas estão nas mãos de Deus e nós poderíamos evitar muita dor de cabeça, sofrimento e frustrações se passássemos a deixar Deus nos ajudar do que decidir por nós mesmo.

 

Veja também

Comentários

© 2008-2017 | LUIS.BLOG.BR | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio