Compras no Paraguai: Cota, qualidade dos produtos e dicas valiosas

Leia este artigo que dá dicas importantes para quem deseja conhecer um pouco mais das viagens de compras no Paraguai. Dicas sobre os produtos, como comprar e cota.

Durante certo tempo fiz muitas viagens ao Paraguai com a intenção de fazer compras, recentemente, depois de muitos anos voltei ao Paraguai, não com a intenção de fazer compras como antigamente, mas a passeio com a minha família. Queria que meus filhos conhecessem, entre outras atrações da região, a famosa Cuidad del Este ou Cidade do Leste que onde os brasileiros fazem suas compras no pais paraguaio.

O que mudou?

Pouca coisa. Esta foi a constatação que eu fiz de forma muito clara. Apesar de ter se passado próximo de 20 anos, as coisas por lá parecem continuar como antes, exceto por uma reforma na Ponte da Amizade que tornou um caos o já caótico trânsito naquela fronteira.

Compras e lojas no Paraguai

Basicamente as mesmas lojas ou pelo menos o mesmo estilo ainda prevalece. Um amontoado de barracas nas ruas e as muitas galerias cheias de pequenos espaços com lojas de todo o tipo.

O estilo de compra ainda é o mesmo, os cuidados também. Minha esposa, marinheira de primeira viagem achou que estava pagando muito barato em um pen drive, pois é, se fosse um pen drive de fato teria sido barato, mas ao chegar aqui ela percebeu que não tinha nada dentro do pen drive. Coisas do Paraguai...

Produtos e qualidade

Há todo tipo de produtos por lá, desde os de qualidade, os de pouca qualidade e até os que não são nada, como o caso do pen drive. Ao fazer suas compras é preciso ter o máximo de cuidado e sobretudo conhecer daquilo que está comprando, pois só assim você terá condições de avaliar se aquilo é real ou falso.

A qualidade também precisa ser medida pelo preço, afinal não há milagre econômico e se um produto é muito barato, deve ter algo de errado. A qualidade sempre custará mais, seja no Brasil, nos Estados Unidos e até no Paraguai.

Cota

A cota não é exclusividade para quem compra no Paraguai e sim para quem compra no exterior e volta ao país com esta mercadoria. Isto vale para qualquer país que você visitar. Atualmente a cota é de US$ 300 (trezentos dólares) para quem cruzar a fronteira por terra e US$ 500 (quinhentos dólares) para quem cruzar de avião.

Caso a pessoa tenham comprado mais do que a cota permitida, ele poderá declarar a mercadoria e pagar o imposto excedente da cota. Exemplo:

Imagine que suas mercadorias tenham somado US$ 700. Neste caso você deverá pagar imposto sobre US$ 400 que é a exceção e neste calo o valor do imposto é de 50% do valor excedido, ou US$ 200 no exemplo citado.

Vale a pena ir ao Paraguai para fazer compras?

É difícil dizer, pois a casos e casos, mas eu acho que não é tão atrativo assim. No passado, houve épocas boas, mas atualmente pelo que vi por lá os preços não estão muito diferentes, sem contar que você compra a vista e aqui existe a opção de comprar parcelado. 

Mas se você estiver fazendo uma viagem de turismo pela região, que é muito bonita por sinal, ai creio que vale a pena dar uma olhada por lá e comprar algumas coisas que esteja precisando. Foi o que nós fizemos.


 

Veja também:




// Comentários

Nenhum comentário



 

2007-2015   //   Blog do Luis   //   Política de Privacidade   //   Eu creio em Deus