Consultar o Saldo e Extrato do FGTS e o calendário de pagamento do PIS

Veja neste tutorial como efetuar o cadastramento da senha de internet e consultar saldo e extrato do Fundo de Garantia. Veja como acessar o calendário de pagamento do abono salarial.

O FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um benefício que visa proteger os trabalhadores demitidos sem justa causa. Todos os meses os empregadores são obrigados a depositar o equivalente a 8% do salário do funcionário e este dinheiro formará o seu fundo que poderá ser sacado para compra da casa própria, demissão sem justa causa, entre outras situações.

Como consultar o FGTS

No site da Caixa é possível realizar a consulta do saldo e extrato dos valores depositados em sua conta no FGTS. Para fazer a consulta siga os passos abaixo:

1. Acessar a página de serviços da Caixa

A primeira coisa a fazer é cadastrar uma senha para consulta no site da Caixa. Você deverá ter em mãos o número do PIS que pode ser encontrado geralmente na última folha da sua carteira de trabalho. Acesse a página de serviços online da Caixa. Será mostrada uma tela similar a esta:

Tela inicial da página de serviços online da Caixa

2. Cadastrar a senha de internet

Esta senha não é a mesma do Cartão Cidadão. Ela deve ser alfanumérica, isto é: ter letras e números e possuir até 8 dígitos. Você deverá clicar no botão Cadastrar Senha e seguir as instruções conforme mostrado na tela a seguir:

Cadastramento de senha de internet para acesso aos serviços online

3. Consultar o extrato

Após o cadastramento da senha, volte a página inicial de serviços mostrada no passo 1, informe o número do PIS, a senha cadastrada e digite o código de verificação. Estando tudo Ok será mostrada a tela com os serviços disponíveis. Clique na opção extrato.

consultar o extrato do Fundo de Garantia

Calendário de pagamento do PIS

Também conhecido como abono salarial. É um benefício pago anualmente a pessoas cadastradas no PIS e que estejam de acordo com os seguintes critérios:

Está cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;

Tenha trabalhado, pelo menos 30 dias no ano-base, para empregador contribuinte do PIS, tendo recebido, em média, até dois salários mínimos mensais no ano-base que for considerado para a atribuição do benefício;

Tenha sido informado corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base considerado.

Se você atende os critérios acima e quer saber quando você poderá receber o abono, consulte a tabela no site da Caixa.


Veja também:





// Comentários

Nenhum comentário



 

2007-2012   //   Blog do Luis   //   Política de Privacidade   //   Eu creio em Deus