EDUCAÇÃO / TECNOLOGIA / UTILIDADE PÚBLICA

Você sabe é o que é embaixada e consulado? Veja as diferenças

Você sabe o que é e para que serve uma representação diplomática como as embaixadas e consulados? E as diferenças entre nacionalidade e naturalidade, por exemplo.

Também conhecidos como representações diplomáticas, as embaixadas e consulados são representações que um país tem em outro. Eles têm múltiplas funções, como dar assistência as pessoas do país de origem que vivam ali, estreitar laços diplomáticos com o país anfitrião, entre outras funções.

Embaixada

O termo embaixada é comumente usado em matérias de telejornais. Ele quer dizer um espaço do seu país no exterior, em que as regras do seu país perduram por lá. É um local, pode ser um prédio ou uma casa, em que o estrangeiro pode procurar para ter seus direitos. É como se fosse um pequeno pedaço do país de origem em outro. A embaixada é o órgão de maior representação de um país em outra nacionalidade.

Consulado

Um consulado é sambem um espaço de autoridade de um país dentro de outro. Este também tem um grande poder de resolver problemas de estrangeiros fora de sua terra, mas não tanto quanto o consulado. Quem cuida deste local é o cônsul. As funções são bem semelhantes de uma embaixada: proteger o estrangeiro em outro país e as regras das terras estrangeiras não vale dentro do consulado, mas sim do país de origem.

Você pode consultar aqui no site do Ministério das Relações Exteriores onde o Brasil tem embaixadas e consulados e quais países mantêm representações diplomáticas no Brasil.

Emissão de vistos

Alguns países como os Estados Unidos exigem o visto para entrada em seu país. A emissão de um visto é feita no país de origem, no Brasil, por exemplo, mas em um consulado americano.

Veja o vídeo abaixo produzido pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil mostrando como é o processo para obtenção de visto para o país americano.

Nacionalidade

Nacionalidade é o país o qual uma pessoa nasceu. Se você é nascido no Brasil sua nacionalidade é brasileira. A escrita sempre é no feminino mesmo que seja um homem, pois nacionalidade é um termo feminino. Logo, mesmo sendo um homem ele deve colocar a palavra no feminino.

Nacionalidade é o país, enquanto naturalidade é o local onde você nasceu que geralmente é empregado a cidade e o estado de origem.

Cidadania

Cidadania em seu conceito literal quer dizer a cidade a qual a pessoa nasceu, que nem sempre é o local o qual ela vive hoje. Uma pessoa pode ser natural de Recife e morar em Olinda. Neste caso, sua cidadania é recifense, mas mora em outra cidade. Contudo, se seus documentos e deveres eleitorais foram voltados à cidade de Olinda, ela será olindense de cidadania. A cidadania pode ser mudada ao longo da vida, basta mudar o local em que se é votado e que se paga os impostos, bem como exige os direitos como cidadã.

O termo cidadania refere-se também ao gozo dos direitos e o cumprimento dos deveres de uma pessoa dentro da sociedade.

Com informações de Dicionário Aurélio e site Brasil Escola.

 

Veja também

Comentários

© 2008-2017 | LUIS.BLOG.BR | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio