EAD ou E-learning? Educação Presencial, Semi-presencial ou a Distância

Conheça o significado e as diferenças entre os termos relacionados à educação a distância no Brasil, como a sigla EAD, o termo inglês E-learning para educação online, entre outros.

A revolução que a internet provocou na sociedade também atingiu a educação, como isso surgiu vários termos associados com a chamada educação a distância. Veremos neste artigo o que significa EAD, e-learning, educação presencial, semi-presencial e a distância.

EAD

EAD é a sigla usada para Educação a Distância. Seu uso é muito comum por ser a forma abreviada e, portanto mais prático o seu uso. A sigla EAD pode ser usada para qualquer tipo de educação a distância, como cursos livres ou capacitação, treinamentos empresariais, cursos de nível técnico, cursos superiores de graduação, pós-graduação ou extensão universitária, entre outros.

E-learning

O E-learning é basicamente a mesma coisa que EAD, apenas conceituando que este termo é em inglês e pode ser definido como educação eletrônica. O termo faz parte de uma família, os “E-” que ficou muito popular com a chegada da internet. Faz parte desta família de termos o e-business (para negócios em geral), e-commerce (para lojas virtuais), e-services (para serviços), e-learning (para educação), entre outros.

Presencial

Presencial é o modelo de educação tradicional que conhecemos onde o aluno deve estar presencialmente em uma sala de aula, assim como o professor e os recursos que eles usarão para promover o ensino-aprendizado. Esse modelo se aplica a todos os níveis de educação e aos diferentes tipos de cursos e formações.

Entre os exemplos de educação presencial, podemos citar o ensino fundamental e médio que no Brasil eles precisam ser obrigatoriamente presenciais. Ainda os cursos tradicionais nas faculdades e universidades que também são presenciais, educação técnica e outros.

Semi-presencial

Semi-presencial é um modelo de educação onde parte das aulas podem ser substituídas por atividades a distância ou que as aulas podem ser transmitidas via internet, TV, videoconferência ou outras tecnologias que permitam a interação entre aluno e professor.  Este modelo é o mais usado nos cursos de graduação (faculdade) através dos chamados polos de apoio presencial, isto é, uma universidade sediada na cidade de São Paulo, por exemplo, credencia polos em diversas cidades do país para que estes polos possam oferecer presencialmente uma infraestrutura de apoio pedagógico e tecnológico para que as aulas possam ser transmitidas a distância.

A distância

O termo a distância,quando aplicado no conceito da educação é apenas um desdobramento dos termos acima mostrado, mas em contraponto com o modelo presencial e semi-presencial pode significar a modalidade onde o curso é feito totalmente a distância sem nenhum ou com pouco apoio presencial. Um bom exemplo disso é a Unip Interativa, lá os cursos estão dividos em duas modalidades: SEPI ou semi-presencial e SEI que é o modelo 100% a distância e apenas as provas são presenciais.


 

Veja também:




// Comentários

Nenhum comentário



 

2007-2015   //   Blog do Luis   //   Política de Privacidade   //   Eu creio em Deus