EDUCAÇÃO / TECNOLOGIA / UTILIDADE PÚBLICA

Definições para Micro e Pequena Empresa, e-Business e e-Commerce

Conheça a definição de Microempresa e pequena empresa, de acordo com a lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Veja ainda o que significa os termos e-business e –ecommerce.

No meio empresarial moderno, diversos termos são usados para definir aspectos de negócios, tipo de empresas, entre outros. Conceitos como e-business e e-commerce são advindos do surgimento da internet, já os termos microempresa e pequena empresa já são bem mais conhecidos, mas foi com a lei Geral da Micro e Pequena Empresa que eles tornaram formais. Veja abaixo as principais diferenças entre esses termos.

E-Business

e-Business poderia ser definido literalmente como negócios eletrônicos, mas de uma forma mais didática podemos defini-lo como os negócios que são realizados entre empresas na internet. O termo as vezes é chamado também de B2B – Business to Business e permite que empresas conversem eletronicamente com outras empresas, essas conversas podem ser operações de compra e venda, prestação de serviços, troca de informações comerciais, entre outros.

E-commerce

O e-commerce pode ser definido como comércio eletrônico e sua face mais conhecida são as lojas virtuais. O e-commerce pauta pelo mesmo modelo das lojas físicas ou os processos de compra e venda tradicionais, contudo todo o processo é feito via internet em um site, por email ou agora pelos dispositivos móveis.

Diferença entre e-business e e-commerce

A principal diferença a ser observada é que o termo e-business é mais abrangente e envolve qualquer tipo de negócios feito de forma eletrônica, enquanto que o e-commerce foca apenas nas operações de compra e venda.

Micro e Pequena Empresa

São consideradas Micro e Pequena Empresa a sociedade empresária, a sociedade simples e o empresário individual que estejam regularizadas perante a Junta comercial do estado e que enquadre em uma das situações abaixo descritas.

Microempresa

De acordo com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, uma empresa será considerada microempresa se no ano-calendário a receita bruta for igual ou inferior a R$ 240.000,00. Por ano-calendário entenda-se o ano em que houve operações da empresa. Por exemplo: No ano de 2012 foi feito a apuração de resultados da empresa referente ao ano 2011, portanto 2011 é o ano calendário neste caso.

Pequena Empresa

Ainda de acordo com a lei Geral da Micro e Pequena Empresa, para ser considera pequena empresa, a mesma deverá ter faturamento bruto anual superior a R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais) e igual ou inferior a R$ 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais).

Fonte:  http://leigeral.sp.sebrae.com.br

 

Veja também

Comentários

© 2008-2017 | LUIS.BLOG.BR | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio