EDUCAÇÃO / TECNOLOGIA / UTILIDADE PÚBLICA

Ensino Superior a Distancia e Gratuito

O ensino superior gratuito versus pago e os modelos atuais de ensino superior a distância gratuito, como a Universidade Aberta no Brasil e a Univesp do governo de São Paulo.

Não é de hoje que ouvimos falar que estudar é importante e que a educação é o caminho para o desenvolvimento de um país. Muitos começam a ouvir esse discurso muito cedo e cresce sabendo desta verdade. Mas algumas coisas intrigam: Se a educação é tão importante, porque no Brasil ela foi tão negligenciada? Ou ainda, a culpa é do governo ou própria sociedade?

O ensino superior gratuito versus pago

Bem, para começar é preciso pensar que a educação superior no Brasil até então não era um privilégio de todos, pois ou você estudava em escola particular e fazia cursinho para conseguir entrar em uma universidade pública ou arcava com altas mensalidades nas universidades particulares. Ou seja, você tinha que ter dinheiro para estudar, logo a conclusão lógica é que o ensino superior estava limitado em um primeiro momento pelo poder aquisitivo do aluno ou seus pais.

Outro fator a considerar é a dupla jornada dos alunos universitários, especialmente os das escolas particulares, que precisam trabalhar durante o dia para pagar a faculdade a noite. E para concluir há casos piores onde a faculdade do aluno não é na mesma cidade e ele precisa deslocar por horas todos os dias para conseguir estudar. Neste caso a jornada é tripla: trabalhar, viajar e estudar.

A educação a distância

A educação a distância não precisou de muitos anos no Brasil para mostrar a força que tem e como ela seria bem vinda por aqui. É claro que esta declaração não é compartilhada por todos, como você poderá ver em um trecho do vídeo abaixo. A principal característica da educação a distância é em primeiro momento de trazer conveniência permitindo que pessoas que não tenha condições de deslocar diariamente para uma escola possa, mesmo a distância, estudar e concluir o curso de nível superior.

Ensino a distância gratuito

Mas para muitos o fato de ser a distância ainda não resolve, pois é preciso ser gratuito. Neste sentido o Ministério da Educação mantém o programa Universidade Aberta no Brasil que usa a estrutura das atuais universidades federais para oferecer ensino a distância e gratuito. Paralelo a este programa o governo de São Paulo também mantém a Univesp que é a Universidade Virtual do Estado de São Paulo, formado pela USP, UNESP e UNICAMP. Esses são programas oficiais que permitem que um aluno possa estudar em uma universidade pública e portanto gratuito, mas seguindo os padrões da modalidade a distância.

Abaixo, um vídeo de apresentação da UniverspTV, o canal de TV que é usado para transmitir os conteúdos de apoio aos cursos a distância da Universidade Virtual de São Paulo.

Esses esforços dos governos ainda estão em fase bastante preliminar, pois a quantidade de cursos ofertados ainda é muito pequena e o acesso a esses cursos muito limitado. Esta limitação ocorre principalmente pela pequena quantidade de polos de apoio presencial que essas universidades dispõe. Na educação a distância é necessário que cada instituição que deseja oferecer cursos EAD mantenha polos presenciais ou pequenas unidades da própria universidade nas localidades onde deseja atender presencialmente os alunos para efeito de aplicação de provas, aulas presenciais que normalmente ocorrem pelo menos uma vez por semana, entre outras atividades que precisam ser presenciais.

O futuro do ensino a distância no Brasil

O futuro é promissor, pois de um aluno já está provado que a educação a distância veio para ficar e que mesmo com o nariz torcido de alguns, ela cresce muito no país. Por outro lado a oferta de cursos gratuitos tente a aumentar, pois para as universidades e para os governos ela é uma saída importante para resolver o enorme déficit da educação superior. Acredito que nos próximos anos a quantidade de faculdades EAD dentro das instituições públicas deve ser bem maior do que as atuais e o acesso através de uma extensa rede de apoio presencial seja uma realidade. Quando isso acontecer teremos educação a distância e gratuita, senão para todos, mas pelo menos para uma parcela maior da população brasileira.



 

Veja também

Comentários

Bonita iniciativa. Seria bom que fosse admitido estrangeiros que não tenham possibilidade financeira, como eu. fiquei fascinada. Eloisa Ramos // Mindelo - S. Vicente - Cabo Verde
Quero fazer o curso superior gratuito, quais os procedimento que devo seguir? No mais muito obrigado! IORCENE BATISTA DE CARES // DIVINO DAS LARANJEIRAS
Gostaria de saber quais os cursos e como faço para fazer as provas. Um abraço Carla Leal carla simone sampaio leal // São Pedro da Aldeia - Rio de Janeiro
© 2008-2017 | LUIS.BLOG.BR | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio