EDUCAÇÃO / TECNOLOGIA / UTILIDADE PÚBLICA

Novo sistema de pedágios em SP reduzirá a tarifa e cobrará por km rodado

Conheça o Sistema Ponto a Ponto, que será adotado nas rodovias de SP. Cobrança por km rodado, alteração das atuais praças de cobrança e redução do valor da tarifa.

Depois de muitos anos de funcionamento o atual sistema de cobrança de pedágio nas rodovias paulistas parece estar no fim. De acordo com as informações da Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo, um novo sistema chamado de Sistema Ponto a Ponto, já em fase de testes no interior de SP, deverá iniciar uma nova forma de cobrança de pedágio nas estradas do Estado de SP. O projeto é inspirado na tecnologia usada já em outros países e deverá entrar em vigor já em 2013. O sistema passará a cobrar por km rodado, eliminará as atuais praças de pedágios e poderá inclusive reduzir o valor da tarifa.

Como são os pedágios atualmente

Atualmente os usuários pagam um valor fixo por praça de cobrança, este pagamento poderá ser feito manualmente na praça ou eletronicamente para quem instalar um sistema de tag, como o Sem Parar ou o Via Fácil, por exemplo. Mas em todos os casos a cobrança é orientada por praça que estão instaladas a mais ou menos 40 km de distância uma da outra.

O novo sistema de Pedágios em SP

Com o novo sistema a cobrança passará a ser feito por km rodado e não por praça, assim, segundo o governo de SP, a cobrança passa a ser mais justa reduzindo o valor da tarifa em muitos casos. O novo pedágio está em fase de testes na rodovia Santos Dumont que liga Campinas a Sorocaba e deverá entrar em funcionamento em outras rodovias em 2013.

Alteração das praças de cobrança

A principal mudança estrutural será a troca das atuais praças de pedágios pelos chamados pórticos que nada mais é do que uma praça eletrônica onde o usuário não precisará parar para fazer o pagamento, quando ele passar pelo pórtico será feito a leitura da tag instalada no veículo e computada a cobrança.

Cobrança por km rodado

Com isso, a cobrança passa a ser por km rodado, já que dá a entender que serão instalados muitos pórticos e em intervalos bem curtos, permitindo saber quantos km um veículo percorreu em determinada rodovia.

Concorrência de operadoras

Outra mudança é que várias operadoras poderão atuar no novo sistema de pedágio, permitindo concorrência e possivelmente mais redução no valor da tarifa.

Veja abaixo um vídeo explicativo de como está sendo feitos os testes e como funcionará o Ponto a Ponto nas estradas paulistas:

Controle de velocidade eficiente

O novo pedágio de SP desperta uma curiosidade interessante. Se com ele é possível saber quantos km um veículo percorreu em determinada rodovia é possível saber também em quanto tempo isso foi feito. Como todos devem saber distância dividido por tempo é igual a velocidade média. Isto significa que além de ser um eficiente sistema de cobrança de pedágio, o novo sistema poderá ser também um eficiente sistema de radar.

Embora não seja este o propósito do projeto, eu gostaria de estar certo quanto a minha formulação acima sobre o uso do novo pedágio como radar inteligente, pois acho que está na hora do governo usar a tecnologia para implementar um sistema eficiente de controle de velocidade. O desrespeito está chegando a níveis alarmantes e isto tem custado a vida de muitos.

Conheça o projeto: http://www2.artesp.sp.gov.br/



 

Veja também

Comentários

© 2008-2017 | LUIS.BLOG.BR | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio