EDUCAÇÃO / TECNOLOGIA / UTILIDADE PÚBLICA

O que significa ISSN e ISBN

Veja as definições dos códigos internacionais de publicações usados para identificar livros, revistas, jornais e outros. Veja as diferenças entre os impostos ICMS, IPI e ISS.

Embora as siglas possam parecer iguais, há muitas diferenças entre as siglas acima. A principal delas é que ISSN e ISBN são siglas de códigos de publicações, destinadas a identificação de livros, revistas, jornais e outros. Já as siglas ISS, IPI e ICMS são atribuídas a impostos brasileiros, o primeiro para serviços, o segundo para produtos industrializados e o terceiro para circulação de mercadorias e serviços. Veja abaixo a definição de cada um deles.

ISSN

O ISSN é sigla de International Standard Serial Number ou Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas. É um número internacional padronizado pela ISO, usado para identificar publicações como revistas, jornais, anuários e outras publicações do gênero.

No Brasil, o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) é responsável pelo número no país.

ISBN

Já o ISBN é sigla de International Standard Book Number ou Número Padrão Internacional de Livro. Criado originalmente por uma livraria na Inglaterra tornou-se norma padrã internacional em 1972, com a norma: SO 2108 da International Organization for Standardization (ISO).

O ISBN era composto de 10 dígitos ISBN-10, mas a partir de 2007 passou a ter 13 dígitos ISBN-13. Veja o exemplo abaixo:

ISBN é sigla de International Standard Book Number ou Número Padrão Internacional de Livro

  • 978: Indica o código de publicação de livros
  • 85: Indica o idioma do livro. 85 no Brasil, 972 em Portugal, 0 ou 1 para língua inglesa, 2 para língua francesa, 3 para alemã e assim por diante.
  • 7367: É o código do editor ou da editora. No exemplo acima a Editora Vida.
  • 108: É o código do livro.
  • 7: O dígito verificador.

Outros exemplos de ISBN:

ISBN é sigla de International Standard Book Number ou Número Padrão Internacional de Livro

ISBN é sigla de International Standard Book Number ou Número Padrão Internacional de Livro

Os impostos: ICMS, ISS e IPI

Já as siglas ICMS, ISS e IPI não tem nada a ver com códigos de publicações e sim com impostos. Na verdade esses três estão no grupo dos impostos mais importantes, ou aqueles que geram muito dinheiro para os estados, municípios e a união, respectivamente.

ICMS

O ICMS é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. É um imposto estadual e incide sobre as operações comerciais de compra e venda de produtos e serviços. A alíquota deste imposto é fixa por estado, mas normalmente as alíquotas variam de 12% a 18%. Dado ao alto volume de circulação de produtos e serviços, este imposto é uma importante fonte de receita para os estados da união.

IPI

O IPI é o Imposto sobre Produtos Industrializados, ele é federal e incide sobre a índustria brasileira nos mais diversos produtos. Sua alíquota também não é fixa e varia bastante de produto para produto ou de linha para linha. O Governo Federal tem usado bastante o IPI para estimular a economia através de reduções da alíquota deste imposto sobre determinados produtos, por tempo determinado.

ISS

O ISS é o Imposto Sobre Serviços, ele é municipal, ou seja, ele é aplicado e seus recursos administrados pelas prefeituras municipais. A alíquota deste imposto não é fixa, pois cada prefeitura pode definir o valor cobrado considerando o piso e teto do mesmo, mas geralmente ele fica entre 2% e 5% sobre o valor do serviço gerado  mediante a emissão de documento fiscal.



 

Veja também

Comentários

© 2008-2017 | LUIS.BLOG.BR | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio