A evolução do CD para DVD e depois para Blue Ray

Entenda as principais diferenças entre os discos CD, DVD e Blue-ray, usados para armazenar informações, arquivos, áudio, vídeos, entre outros formatos de arquivos e conteúdos digitais.

A internet é grande sensação do momento em ternos de compartilhar e disseminar informações e conteúdos digitais, mas há casos em que ainda é necessário o uso de dispositivos físicos para este fim, seja para armazenamento ou transporte de arquivos. Nesses casos, além do pen-drive outros formatos como o CD, DVD ou Blue-ray são usados. Veja abaixo o que significa cada um deles e as diferenças existentes.

CD

CD significa compact disc (disco compacto) e o termo pode ter sido batizado para contrapor aos discos tradicionais da época, como o disquete para computador e o vinil para áudio que eram grandes e armazenavam pouca informação.

Para se ter uma ideia a versão de disquete com melhor performance armazenava até 1.44 MB. O CD armazena até 700 MB e com isso fica fácil entender porque ele foi chamado de disco compacto, já que conseguia colocar em um mesmo disco o que seria necessário de quase 500 disquetes, daí a ideia de informação compactada.

O CD tinha e tem ainda como vantagem a segurança dos dados e a possibilidade de gravação de múltiplos conteúdos, como textos, arquivos, áudio, vídeo, etc.

DVD

O DVD significa Digital Versatle Disc ou Disco Digital Versátil e foi em termos de progresso uma evolução do CD, pois de disco compacto armazenava 700 MB o DVD evolui para até 4.7 GB ou 4.812 MB (lembre-se que 1 GB equivale a 1024 MB). Veja o que significa MB e GB.

Em relação ao CD o DVD exigiu e exige leitores e gravadores que tenha suporte ao formato, algo bastante comum nos computadores modernos, contudo computadores e equipamentos mais antigos podem ter suporte apenas a leitura e gravação de CD.

Assim como o CD, há as versões DVD-R e DVD-RW, que significa apenas leitura e leitura e gravação, respectivamente.

Blue-ray

O Blue-ray é considerado o sucessor do DVD e tem como diferença a capacidade de armazenamento que pode chegar a 25 GB, isto graças ao sistema de laser azul-violeta que consegue gravação superior ao laser usado no DVD.

Abaixo uma tabela com a comparação das capacidades de gravação simples dos discos.

Tipo do disco Capacidade
CD 700 MB
DVD 4.7 GB
Blue-ray 25 GB

Lembrando que os discos acima exigem leitores e gravadores específicos. No computador é necessário ainda a instalação do driver de cada um, que é um programa fornecido pelo fabricante do hardware.

Com informações de http://pt.wikipedia.org/wiki/Dvd


 

Veja também:




// Comentários

Nenhum comentário



 

2007-2015   //   Blog do Luis   //   Política de Privacidade   //   Eu creio em Deus