Siglas da Educação. MEC, ENEM, EJA, IES e outras

Conheça as diversas siglas usadas no contexto da educação. Veja o significado de cada sigla e um breve comentário de cada uma. IES, MEC, EJA, FIES, SISU, entre outras.

No mundo moderno o uso de siglas tem sido amplamente aplicado na economia, política, saúde, tecnologia e também na educação. As siglas são usadas para simplificar um termo mais amplo, assim ao invés de dizer “Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos”, simplesmente empregamos a sigla ENCCEJA. Vermos abaixo algumas das principais siglas usadas no contexto da educação, seu significado e um breve comentário, quando necessário.

MEC – Ministério da Educação. Anteriormente está sigla também significou Ministério da Educação e Cultura.

EMEC – Não tem uma definição, mas pode ser entendido como “Eletronic MEC” ou MEC Eletrônico. Trata-se do Catálogo de Cursos Superiores do MEC que está disponível para consulta na internet.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. É um instituto do MEC que realiza pesquisa nas áreas educacionais em vários níveis de educação no Brasil.

IES – Instituição de Educação Superior. Aplicam-se a faculdades, universidades e centro universitários.

ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio. É a principal avaliação da educação média no Brasil e porta de entrada para a educação superior.

EJA – Educação de Jovens e Adultos. É o antigo supletivo.

ENCCEJA – Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos. É uma modalidade de EJA criado pelo Ministério da Educação.

CEJA – Centro de Educação de Jovens e Adultos. Esta sigla normalmente usa em referência a um local ou a um programa de EJA.

PROEJA - Programa Nacional de Integração da Educação Básica com a Educação Profissional na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos. Como a própria sigla informa, ela visa atender e integrar o aprendizado com o trabalho através da modalidade EJA.

PROUNI – Programa Universidade para Todos. PROUNI é a sigla do programa do governo federal que concede bolsas de estudos que podem ser parciais (50%) ou total (100%) para alunos matriculados em IES particulares.

FIES – Fundo de Financiamento Estudantil. É um programa de financiamento para alunos que estudam em IES particulares e, portanto pagas.

IGC – Índice Geral de Cursos. É um importante indicador que o MEC usa para determinar a qualidade de IES tanto em graduação como pós-graduação.

CPC – Conceito Preliminar de Curso. É o conceito de curso que o MEC usa para mediar a qualidade específica de um curso.

ENADE – Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. Usado para avaliar estudantes de cursos superiores no Brasil.

SARESP – Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo. SARESP é a sigla da avaliação que a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo aplica a alunos estudantes da rede estadual paulista de educação todos os anos.

HTPC – Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo. É um horário usado nas escolas destinado a discussão sobre a educação na escola. Pode envolver os pais e demais profissionais da educação.

IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. É usado para medir a qualidade da educação nos níveis fundamental  e médio.

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Atua na educação superior em nível de pós-graduação, tanto a especialização, mestrado ou doutorado.

SISU – Sigla que significa Sistema Unificado de Seleção. Usado para seleção de candidatos a vagas para a educação superior em instituições públicas de ensino no Brasil e que utilizem a nota do ENEM.

REUNI - Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais. É um programa do governo que visa criar novas universidades federais ou expandir a estrutura das atuais.

FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Atua na execução dos programas educacionais do MEC.




Veja também:





// Comentários

Nenhum comentário



 

2007-2012   //   Blog do Luis   //   Política de Privacidade   //   Eu creio em Deus