Cálculo do IR mensal e anual. Simulador de Imposto de Renda

Veja como funciona o simulador de valores a pagar do Imposto de Renda exercício 2012, ano-calendário 2011. Simulador de imposto de renda mensal e anual.

Home Cidadania

Muita gente tem dúvidas de como fazer o cálculo do imposto de renda, afinal, não é fácil entender os tantos critérios usados pela receita para determinar o cálculo do IR. Base de cálculo, as deduções possíveis, as várias faixas e suas respectivas alíquotas de fato geram confusão tanto para quem paga o imposto mensal (carnê leão) ou para o ajuste anual que ocorre geralmente entre os meses de março e abril do ano seguinte ao ano-calendário.

Antes de começar vou avisando que não sou contador e não presto serviços de declaração de imposto de renda, mas o objetivo é apenas dar algumas dicas que poderão ajudar a calcular o IR do exercício e ano-calendário. Aliás esta é a primeira dúvida: Ano-calendário é o ano em que os rendimentos foram obtidos e ano-exercício é o ano em que o ajuste ocorre.

A Receita Federal disponibilizou na web um simulador de imposto de renda que é muito útil para entender como é feito o cálculo do IR. Com ele será possível saber quanto você terá que desembolsar para o Leão. O sistema é bem simples e fácil de usar.

Há duas opções nele. São elas:

Cálculo mensal

Este opção deve ser usada para você calcular quanto deve pagar de imposto mensal, o chamado Carnê Leão. Este tipo de pagamento é feito por pessoas que tem rendimentos que não são tributados na fonte. Quem trabalha assalariado, por exemplo, já tem o valor mensal do IR descontado na folha de pagamento e portanto não precisa pagar o Carnê Leão, mas os demais precisam fazer a apuração mensal e o recolhimento do valor a pagar.

A opção de Cálculo mensal irá ajudar nesta tarefa. Veja um exemplo de uma simulação que fiz na imagem abaixo:

Cálculo mensal de imposto de renda

No exemplo acima informei ose seguintes valores:

  • Rendimentos tributáveis: É o valor do seu rendimento bruto. No exemplo informei R$ 3.500,00 sem considerar nenhuma dedução. Existe aquele desconto de 20% para quem opta pela declaração simplificada, mas ele só ocorre no cálculo anual de ajustes e não no mensal.
  • Previdência oficial: É o valor que você pagou no mês para o INSS.
  • Dependentes: É a quantidade de pessoas que são seus dependentes para fins de imposto de renda. No exemplo informei que seria 2 dependentes.
  • Os demais dados deixei em branco.
  • A partir dai ele realizou o cálculo e informou que o total de deduções era de R$ 688,18 e a base para cálculo, ou seja, o valor que seria de fato tributável seria de 2.811,82.
  • Finalmente ele diz que o valor a ser recolhido do imposto de renda neste mês era de R$ 68,09.

Mas como ele chegou neste valor? Dê uma olhada na tabela que ele mostra no rodapé e considere o seguinte:

A primeira faixa é isenta, ou seja, dos meus R$ 2.811,82 que são tributáveis, ele tirou a faixa isenta de R$ 1.903,98, sobrando R$ 907,84 que ele levou para a segunda faixa e ai aplicou o percentual dela que é de 7,5%.

Cálculo anual

Para usar o simulador de imposto de renda na opção de Cálculo Anual, você precisará saber qual foi o total de rendimentos do ano-calendário, as deduções permitidas como despesa médica, despesa com instrução, dependentes, pensão alimentícia, previdência e outras deduções. O resultado será o demonstrativo da apuração do imposto, que inclui as faixas da base de cálculo, alíquota  e o que você terá de pagar como imposto de renda.

Imposto de renda calculo anual

Em 2009 houve uma alteração nas faixas de pagamento que passou de três faixas (isento, 15% e 27,5%) para cinco faixas (isento, 7,5%, 15%, 22,5% e 27,5%). Essas faixas continuam em vigor até os dias atuais.

O simulador mensal e anual

O simulador da  Receita tem duas versões: mensal e anual. O mensal você deverá usá-lo para simular o pagamento do Carnê Leão, já o anual deve ser usado para fazer o ajuste anual. Abaixo o link para a simulação:

http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/ATRJO/Simulador/TelaOptMenAnu.htm

O legal do simulador é que ele mostra o que você pode lançar como dedução, bem como os valores máximos e as respectivas regras para o uso daquela dependência.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2018 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio