Consultas de cheques sem fundo, SPC e protestos pela internet

Veja como saber se você está com o nome sujo no Banco Central e SPC. Vários sites que oferecem a opção de consulta de crédito online.

Home Cidadania

Muitas vezes ocorre de se ter duvida em relação ao seu nome estar ou não no SPC e até mesmo dado como ter feito pagamento com cheques sem fundo, estar em qualquer uma dessas situações não é bom pra ninguém, e para que você possa tirar essas e outras dúvidas quanto ao seu credito e não precisar passar por nenhum transtorno na hora de fazer uma compra, consulte seus créditos nos sites que estão disponibilizados para essa finalidade. Tenha acesso aos seus débitos e créditos, e também a outros serviços que te ajudaram a regularizar sua situação caso não esteja.

Consulta de crédito

Existem dois sites onde são disponibilizadas diversas consultas de credito, tais como protestos, cheques sem fundo, pendências e restrições financeiras, dividas vencidas, ações judiciais, falência e concordata, participação em empresa falida, entre outras consultas onde consta sua credibilidade financeira, e também sua situação de debito.

Tanto um site quanto outro tem como proposito o sigilo e a restrição, nada mais desagradável que ser barrado em uma compra na hora de aprovar credito por  seu nome constar  no SPC ou com restrição por cheques sem fundo, e justamente por isso os sites foram criados, faça suas consultas pela internet é pratico, rápido e não precisa passar por nenhuma situação desagradável.

Mas como nem tudo é tão fácil, os dois sites cobram pela consulta, cada tipo de consulta tem seu valor de acordo com o que se quer consultar, é dividida também em consultas mais simples e consultas completas, a pessoa escolhe a que mais lhe agrada, e ao seu bolso também.

Os sites que oferecem consultas de cheques sem fundos, SPC e protestos são:

http://www.consultanet.com.br ou https://www.spcbrasil.org.br que oferece a opção para lojistas apenas

Os dois links é do mesmo site, nele é possível consultar como consta a sua situação nos órgão de crédito e diversas outras consultas. O custo das consultas varia de uma para outra, de acordo com o que se trata. Agora com toda essa facilidade não passe mais vergonha, consulte seu credito e o regularize.

Consultas gratuitas

Se você quiser fazer uma consulta gratuita, procure a Associação Comercial de sua cidade. Normalmente eles oferecem este serviço para pessoas físicas, onde você poderá ver na hora se há pendências em seu nome. Esta consulta normalmente é gratuita.

Perguntas frequentes:

Realizei a consulta e meu nome consta como sujo. O que devo fazer?

Caso após ter realizado a consulta você tenha concluído que o seu nome consta como negativo, entre em contato com a empresa credora a que você deve e regularize sua dívida.

No caso de não reconhecer a dívida, entre em contato da mesma forma e forneça os recibos que provam que seu pagamento foi realizado.

Quais são os motivos pelo qual meu nome pode estar sujo?

Se você atrasar ou deixar de pagar uma conta, a partir do primeiro dia de atraso no pagamento de uma conta, a empresa credora já pode entrar em contato com uma das bases de dados que administram os cadastros de inadimplência.

Hoje em dia, são três os principais utilizados por instituições financeiras ou empresas para verificar se o consumidor possui dívidas: o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), administrado pela Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL), e o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), administrado pela Boa Vista Serviços.

Assim que uma dessas instituições recebe a demanda da empresa da qual o consumidor possui contas em atraso, são obrigadas por lei a avisar ao devedor, que ele possui dez dias corridos para quitar a sua dívida ou negociar um novo valor com a empresa credora.

Passado o prazo de dias corridas, caso o consumidor não tenha regularizado a dívida, elas podem incluir o CPF do devedor à sua base de inadimplentes, desta forma, o nome fica sujo.

Em quanto tempo, após a regularização da dívida, meu nome fica limpo?

Após o pagamento da dívida, o prazo para que o nome do consumidor seja retirado do registro de inadimplentes é de cinco dias. É direito do consumidor exigir da empresa a exclusão do seu nome do cadastro de inadimplentes, caso a dívida tenha sido paga e o nome dele ainda constar na listagem após os cinco dias.

Se mesmo após o contato com a empresa, o nome do consumidor constar na lista, será necessário ingressar em uma ação judicial para que um juiz determine a exclusão imediata do registro. Neste caso, recibos de pagamentos serão necessários para checagem. Vale ressaltar que, neste caso, o consumidor poderá ainda exigir uma indenização por danos morais, por manutenção indevida de cadastro negativo e abalo de crédito. Mas atenção, a indenização só poderá ser pedida, caso este seja o único registro no nome do consumidor.

No caso de dívidas mais antigas, no dia seguinte ao completar cinco anos, o nome do consumidor não poderá mais aparecer como negativado. Caso isto não aconteça, o consumidor pode entrar com uma ação chamada de Habeas Data, que irá corrigir o erro nestes casos e excluir o nome no registro.

Como evitar que meu nome fique sujo novamente?

Fique sempre atento ao vencimento das contas. Lembre-se que um pequeno atraso pode complicar bastante a sua vida. Se mesmo assim, acontecer de atrasar contas, imediatamente faça contato com a empresa credora e negocie o pagamento.

O que acontece com pessoas que já tiveram seu nome no Serasa, SPC ou SCPC por mais de uma vez?

O fato de ter o nome incluído no cadastro de inadimplentes mais de uma vez, faz com que, na praça o consumidor fique conhecido como mau pagador. Em outras palavras, isto irá dificultar na hora de abrir uma conta em banco, conseguir crédito ou mesmo solicitar uma linha telefônica, por exemplo. As empresas passam a enxergar o consumidor como um risco pelo fato de já ter deixado de pagar ou atrasado algumas contas e ter contraído dívidas.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2018 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio