LCD, LED, OLED, QLED ou Plasma? O que é melhor para monitor e TV

Este artigo mostra as diferenças entre monitores e televisores com as tecnologias de LCD, LED e Plasma. Veja os efeitos na qualidade das imagens, consumo de energia, etc.

Home Tecnologia

Hoje a tecnologia anda bastante evoluída quando se fala em imagem. Temos diversos modelos de televisores e monitores que são tão semelhantes que fica até difícil saber qual levar para a casa. Conheça os principais e saiba o que eles possuem em comum ou são tão diferentes:

LCD

Depois das largas TVs de tubos o que tivemos de mais moderno foi a TV em LCD (Liquid Crystal Display). Mais fina, a imagem surge por um composto de cristal líquido. Esta TV é a mais fina e mais moderna. É também a mais cara e considerada a mais durável no momento, a mais pedida nas lojas. Uma grande vantagem em relação aos modeos antigos (CRT) é a economia de energia desses modelos. Pode ser encontrada em lojas de todo o Brasil. Possui conexão com PS3 e outros jogos online, bem como computadores para visualização de vídeos.

Telas de LCD, LED e Plasma

Plasma

A TV de plasma é a segunda mais vendida no Brasil hoje. Sua tecnologia é de formação de imagens por gases neônio e xenônio que colocam a imagem na tela. Em locais que tenham mais luz a Plasma é a mais pedida, pois a imagem fica bem mais nítida que as demais. Ao contrário das TVs de tubo(aquelas que pesam mais e possuem uma grande parte traseira), mesmo que haja uma iluminação de uma janela, no caso da Plasma não vai haver reflexo. É uma ótima pedida para quem só pode colocar a TV na frente de uma janela ou perto de uma fonte de luz lateral.

Em contrapartida a TV de Plasma é mais pesada que as as demais. O preço hoje da de Plasma é bem mais barato e como a qualidade é boa, é uma boa pedida de investimento. O maior contra do Plasma é que com a constância de um mesmo canal, as imagens podem ficar gravadas e causar sombras. Contudo, alguns revendedores já informaram que já modificaram este problema.

LED

Tv ou monitor de LED é essencialmente LCD, mas com uma tecnologia superior que através do LED permite corrigir problemas do LCD tradicional, dar melhor qualidade na imagem, entre outros. Enquanto o LCD usa um sistema único de luz, no LED milhares de fontes emissoras de luz permitem a construção de uma imagem muito mais real.

Veja o vídeo abaixo do Olhar Digital que mostra como funciona uma TV de LED. É bem esclarecedor.

OLED ou QLED?

Pois é, o padrão de tvs e monitores não para de evoluir e novas tecnologias sempre são lançadas, bem como a melhoria de outras já existentes.

Dentro do padrão LED existe pelo menos duas importantes variações que são os padrões OLED e QLED. Veja um vídeo abaixo do Magazine Luiza que mostra muito bem as diferenças existentes entre elas, bem como as vantagens de cada uma delas:

TVs e Monitores

A principal diferença entre TVs e Monitores é que o monitor é voltado a mostrar os dados dos computadores. É um dispositivo de saída de dados de um computador e foi criado co esta finalidade.

Até os anos 2000 só podiam ser usados monitores com computadores. Hoje em dia temos televisões que cumpre esta função, já com entrada para computadores como as de LEDs. São as entradas HDMI, que deixam que informações de um PC ou notebook entrem na TV e esta seja usada como um computador tradicionalmente. Esta é uma ótima pedida para quem deseja assistir filmes online.

Fonte: Tecmundo

TV Smart

Mas o que essas tecnologias tem a ver com as chamadas TVs Smart? Na verdade nada. Em termos correto uma TV Smart é aquela que tem sistema operacional e por isso pode ser instalado aplicativos que conectam a internet, exatamente como ocorre com seu celular, por exemplo. Mas isto nada se relaciona com a forma com as imagens são produzidas e projetadas na tela que é o conceito usado acima.

Assim uma TV de LED, OLED ou QLED pode ser Smart, como a maioria dos novos modelos já tende a ser.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2018 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio