Vale a pena fazer faculdade? 10 benefícios de um curso superior

Análise das vantagens e benefícios de quem faz faculdade, como a preparação para o mercado de trabalho, exercício da cidadania, relacionamento, conhecimento, entre outros.

Home Educação

A resposta é simples: Sim, vale a pena investir tempo, dinheiro e disposição para fazer um curso superior. Poderia terminar aqui o post, mas gostaria de apresentar alguns motivos que justifica a minha posição favorável ao curso superior por todas as pessoas. Embora os benefícios possam se estender muito além do que o exposto aqui, procurei sintetizar em 10 benefícios diretos que acredito aplicar-se a maioria das pessoas que fazem uma faculdade.

Curso superior - vale a pena

1 – Vale a pena fazer faculdade pois o mercado de trabalho está cada vez mais exigente e se você pretende concorrer a uma boa vaga de emprego, um curso superior irá lhe ajudar muito. Em alguns casos ele será absolutamente necessário.

2 – Vale a pena fazer faculdade pois eleva nossa condição de cidadão. Acredito nisso pois carecemos de novos conhecimentos até para o exercício da cidadania. Para entender nosso direitos e deveres, as vezes temos que entender do meio em que estamos inseridos e abrir nossa cabeça para enxergar um pouco além do que os olhos conseguem ver.

3 -Vale a pena fazer faculdade pois nos conectamos a novas pessoas, experiências e pontos de vistas que nos ajudaram a enxergar melhor os problemas sobre os assuntos em que estamos envolvidos. Considere também o networking que nos enriquece muito.

4 – Vale a pena fazer faculdade pois nos obriga a pesquisar mais, a buscar mais conhecimentos e a aplicar tudo isso em favor de nós mesmos ou ao próximo. Quando estudamos descobrimos coisas interessantes, úteis e aplicáveis no bem comum.

5 – Vale a pena fazer faculdade pois como dizia um antigo comercial do Banco Itaú, “há vida, além da sua vida”. Quero dizer que constituímos famílias e precisamos pensar em dar condições de vida e principalmente exemplos aos nossos filhos. Em minha casa, eu e minha esposa fizemos faculdade diante dos olhos de nossos filhos, eles viram os esforços, dificuldades e agora estão começando a ver os resultados disso. Penso que o exemplo que ficará para eles será grande.

6 – Vale a pena fazer faculdade pois o Brasil passa por um momento de despertamento para este tema. Nunca houve tantas oportunidades como agora. Quem nunca cursou uma faculdade por falta de tempo ou dinheiro, hoje pode contar com faculdades a distância e valores absolutamente baixos se compararmos com o que tínhamos no passado.

7 – Vale a pena fazer faculdade pois como diz um ditado: “a vida é uma só” e portanto precisamos aproveitar o tempo que temos para desenvolver o máximo que pudermos em termos de conhecimento, produtividade e assim podermos contribuir de uma forma positiva com o mundo que vivemos.

8 – Vale a pena fazer faculdade para também sair do comodismo que é muito tentador e até tradicional em nossa sociedade, mas em momento algum ele é bom, pois nos limita de forma muito forte e não deixa que nós aproveitemos as oportunidade que porventura poderiamos ter com uma formação universitária e novos horizontes na cabeça.

9 – Vale a pena fazer faculdade independente da sua idade (exceto se ainda não tem idade para concluir o ciclo básico e médio da educação), da região onde você vive, da sua classe sociais, raça, religião, posição partidária e outras formas de ideologia. A faculdade é multicultural, multiracial e pode trazer benefícios para todas as pessoas.

10 – Vale a pena fazer faculdade se você entender que faculdade é lugar de estudo, de crescimento e que educação é algo urgente para um país e pessoas que desejam e precisam crescer. Olhe para os países mais desenvolvidos do mundo e veja a relação que eles têm com a educação. Estados Unidos, Canadá, Austrália, Coréia do Sul, França, Inglaterra, entre outros, os resultados são notáveis.

Perguntas e respostas complementares

O que o Mercado de Trabalho espera de mim?

O anseio de saber o que o Mercado de Trabalho espera de você é característica de todo profissional que deseja ser bem sucedido em sua carreira. Mas, vale lembrar que ele é bem flexível, e que para se adaptar você terá de ser flexível também.

As empresas esperam profissionais engajados e capacitados, ter um curso extra nunca é de mais, e para eles, na maioria dos casos, ensino superior é essencial. Se não for assim, será um ótimo diferencial na hora de concorrer com outros candidatos.

É certo que o Mercado de Trabalho necessita de pessoas aptas, responsáveis, dedicadas, maleáveis e socializáveis. No entanto, antes de tudo, você deve ter tido uma boa formação acadêmica.

Aonde a faculdade se encaixa nisso?

Bem, a sua formação superior é um diferencial na hora de concorrer a uma vaga de emprego. Trazendo mais confiança ao empregador.

Em muitos dos casos, diversas pessoas perdem a oportunidade de estarem em um emprego satisfatório por falta de uma formação adequada, é imprescindível que haja a preocupação com qual faculdade você vai cursar.

É bom lembrar, ainda, que o país está em um momento de crise econômica, e contratar alguém nesse período deve fazer valer o dinheiro investido, levando com que a empresa que contratar seus serviços se sinta segura de aplicar o capital dela em você.

Quais os benefícios de um curso superior?

Uma maior chance de ser contratado, de conseguir um bom emprego. O curso superior abre novas portas de ingresso no Mercado de Trabalho cada vez melhores, com salários mais atrativos, compensatórios e uma jornada de trabalho mais justa (benefício que só cresce à medida que você se torna mais especializado).

Quem faz faculdade sabe que não é, nem de longe, uma tarefa fácil. Exige um grande esforço de quem é estudante. Mas, essas pessoas entendem que suas ações refletirão positivamente em sua vida profissional. Nada de desanimo, o que a faculdade quer é provar para você mesmo se há realmente a capacidade de ser o profissional escolhido.

Me identifiquei e quero cursar. Como faço?

Para começar uma graduação basta entrar em contato com alguma instituição de ensino, que dispõe de cursos desse nível, de seu interesse.

Existem diversas opções privadas e públicas. No entanto, para começar a dar seus primeiros passos no curso da área escolhida, você precisará prestar uma prova de nível específica a cada faculdade, chamada: vestibular. Faculdades privadas e públicas exigem o vestibular para seus candidatos.

Mas, no caso de universidades públicas, você tem a opção de prestar outra prova: o ENEM, que também mede seu nível de proficiência e te classifica, de acordo com seus métodos, apto a começar o curso escolhido.

Só a faculdade já é o suficiente?

Não! Nunca pense assim. É sempre ótimo que o profissional procure se especializar na sua área de atuação. Nada de querer ficar na mesmice, esse tipo de perfil já está ultrapassado.

Já falamos aqui o que o Mercado de Trabalho espera de você, e um dos requisitos seria: flexibilidade. Não só para lidar com os assuntos referentes à empresa em si, mas também para estar apto a desenvolver qualquer tipo de tarefa na sua área.

O profissional flexível se atualiza (se adapta ao meio), para que possa crescer mais ainda em conhecimento e ser alguém desejado pelas empresas.

Existem outros níveis de estudo após a faculdade?

Sim. O primeiro nível de cursos superiores é chamado de graduação e após a conclusão desse é possível seguir ainda a outros níveis de especialização, como:

  • Pós-Graduação – especialização
  • Mestrado
  • Doutorado
  • Pós-Doutorado

São tidos como subdivisões do ensino superior, especializações. Cursos que aperfeiçoam e aprofundam suas habilidades na área escolhida. Alguns deles não têm oferta no país.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2018 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio