Como monitorar a chuva em tempo real com radar meteorológico?

Veja neste artigo como usar um dos mais populares sites que usa os dados dos radares meteorológicos para acompanhar a ocorrência de chuvas em tempo real em boa parte do território brasileiro.

A chuva é um fenômeno natural de extrema importância para os seres vivos e sem ela praticamente não haveria vida na face da terra. As plantas, os animais e o homem, todos dependem e muito da chuva.

A chuva cai de maneira desproporcional em termos geográficos, isto é, chove mais em algumas regiões e menos em outras. Mas de alguma forma, chove.

Prever a ocorrência de chuva é uma tarefa que as ciências meteorológicas vêm aprimorando ao longo do tempo dada a importância que ela exerce para agricultura e outros setores da economia, como a construção civil, geração de energia elétrica, prevenção de desastres, dentre outros.

Mas além da previsão feita por meteorologistas existe uma forma de você acompanhar a chuva em tempo real, ou quase isto, dependendo do método que você estiver utilizando.

Abaixo veremos algumas dessas alternativas de fazer este acompanhamento.

Forma tradicional

A forma mais tradicional e conhecida de fazer o acompanhamento da chuva é pela observação das condições do tempo. Creio que qualquer pessoa consegue prever a chegada de um temporal quando vê o céu escurecendo e nuvens carregadas se aproximando.

Esse tipo de previsão e acompanhamento é obviamente bem simples, porém ele funciona apenas quando a chuva já estiver chegando e com isso não dá para fazer uma previsão ou o acompanhamento de forma mais abrangente.

Quem faz este tipo de observação com mais frequência, pode notar algo curioso: Por que, geralmente, a chuva vem de uma mesma direção?

Informações de terceiros

Outra forma de fazer o acompanhamento da chuva é utilizando-se de informações de terceiros que estão em outras regiões para além da sua.

Podemos por exemplo acompanhar o noticiário da TV, do rádio ou outros meios de comunicação que vão nos dizer que em determinadas cidades da região está chovendo. Isto pode ser um indício de que a chuva esteja chegando aonde você está.

O mesmo vale para informações coletadas de amigos e parentes que estejam localizados em outras regiões.

Contudo essas informações não são garantias de que a chuva esteja vindo na direção que você está. Isto porque em algumas regiões a chuva tem um percurso mais previsível e constante. Então, se estiver chovendo em uma cidade vizinha, mas é seguro dizer que irá chover na sua cidade.

Acompanhamento em tempo real

Com isso uma das formas mais seguras de fazer o acompanhamento da chuva em tempo real é através dos dados obtidos pelos radares meteorológicos.

Como você sabe, um radar é um equipamento que envia um sinal e quando esse sinal encontra um obstáculo ele volta para o radar, possibilitando assim determinar a posição daquele obstáculo.

Isto é feito com bastante precisão nos aeroportos ou no monitoramento de tráfico aéreo, por exemplo.

Com a meteorologia isso também é possível, pois existem os radares meteorológicos que são equipamentos capazes de monitorar a chuva em tempo real ou praticamente em tempo real.

Radares meteorológicos

Um radar meteorológico fica posicionado em um determinado local e ele faz uma leitura em 360° em volta dele, formando assim um círculo de abrangência. O raio de alcance do radar pode variar muito de acordo com tipo do equipamento, mas estima-se que em até 200 km é possível obter bons resultados.

Eles enviam pulsos e quando este encontra chuva, retorna um eco, permitindo assim determinar o local onde a chuva está caindo, bem como a sua intensidade. Além de chuva, eles podem também captar a ocorrência de neve e granizo.

Mas é bom que se diga que não existe, ainda, radares que cobrem toda a extensão da terra, uma vez que o raio de alcance é limitado, haveria a necessidade de posicionar radares a certas distâncias uns dos outros até chegar a cobertura total. Normalmente os que existem estão posicionadas em locais mais estratégicos e que cobrem áreas mais populosas.

No Brasil existem vários radares meteorológicos, sendo que uma boa parte do território brasileiro está na área de cobertura desses radares meteorológicos que permitem fazer um acompanhamento com bastante precisão.

Alguns exemplos de radares meteorológicos no Brasil podem ser vistos neste mapa do Instituto Nacional de Meteorologia.

Windy

Alguns sites permitem que você acompanhe em tempo real a leitura dos dados que esses radares meteorológicos fazem. Talvez um dos melhores exemplos seja o site wind.com que além de ser bem simples de utilizar, agrupa a leitura de diversos radares dando assim uma excelente cobertura em termos de acompanhamento de chuva em tempo real.

Para fazer o acompanhamento da chuva em tempo real pelo Wind, acesse o site wind.com e na barra lateral escolha Radar & Satélite e depois logo abaixo Radar meteorológico.

Você irá perceber que ele irá desenhar alguns círculos no mapa. Cada um desses círculos é a área de cobertura de um determinado radar meteorológico. As áreas que não têm nenhum círculo significam que não estão cobertas por nenhum radar.

Chuva no Radar meteorológico

Ocorrência de chuva no sul do Brasil. Reprodução do site Windy

Assim você poderá aproximar o mapa de uma região desejada e acompanhar A quantidade de chuva que está caindo, a direção que ela está seguindo e até a velocidade com que ela está se locomovendo.

Vale observar que ele mostra também a intensidade da chuva, como pode ser visto na imagem acima. Há uma legenda na parte inferior do mapa que mostra o significado das cores em termos de intensidade da chuva.

Com informações de https://pt.wikipedia.org/wiki/Radar_meteorol%C3%B3gico, acesso em 14/07/2022

COMPARTILHE: Facebook Twitter WhatsApp


VEJA TAMBÉM:

© 2021 - Utilidade Pública: Tecnologia, Educação e Cidadania.
Este site usa cookies e ao continuar navegando, você concorda com a política de privacidade.