Consumo de energia do Computador e Geladeira

A geladeira é um dos aparelhos que mais consome energia? Abrir e fechar a geladeira com muita frequência aumenta o consumo? Por quê?

Home Cidadania

Consumo de energia de computadores desktops, notebooks e geladeira . Veja as respostas por Jorge Eduardo Schorr, técnico do Departamento de Utilização de Energia da Copel – Companhia Paranaense de Energia, em entrevista concedida ao Blog do Luis.

Geladeira

Blog do Luis: A geladeira é um dos aparelhos que mais consome energia?

Copel: Sim. Por ser um equipamento de uso contínuo, que permanece ligado à tomada 24 horas por dia, a geladeira responde por parcela significativa do consumo de energia elétrica no lar. O tamanho e o tipo da geladeira exercem influência sobre o consumo do aparelho (as maiores consomem mais, assim como as do tipo “frost free”, com degelo automático). Os hábitos de uso dos moradores também.

Blog do Luis: Quais as dicas para economizar energia com a geladeira?

Copel: Para minimizar o consumo e evitar desperdício de energia, convém evitar abrir a geladeira constantemente, observar o estado das borrachas de vedação (se estiverem ressecadas, deformadas ou partidas, elas podem permitir a fuga do ar frio interno), não forrar ou cobrir as prateleiras, não guardar alimentos ainda quentes, não instalar o aparelho em local onde o sol bate diretamente, manter distância entre o fundo do aparelho e a parede para permitir boa ventilação e não pendurar calçados ou outros objetos na parte de trás para secar.

Blog do Luis: Abrir e fechar a geladeira com muita frequência aumenta o consumo? Por quê?

Copel: As geladeiras possuem um motor que é acionado automaticamente para resfriar a temperatura interna. Um termostato realiza esse trabalho, ligando o motor sempre que a temperatura interna ultrapassar um certo limite (que é ajustado pelo usuário). Assim, quando a porta da geladeira é aberta, o ar interno, mais frio e mais pesado que o ar exterior, escapa e a temperatura interna sobe, fazendo com que o termostato acione o motor. Quanto mais tempo ou mais vezes o motor funcionar, maior será o consumo de eletricidade.

Computador

Blog do Luis: Muitos técnicos em informática defendem que é melhor manter o computador ligado do que ficar no processo liga/desliga/liga. Do ponto de vista de economia de energia, manter o computador ligado o dia todo pode pesar na conta?

Copel: Pode, pois o computador, considerando somente a CPU, do ponto de vista de consumo de energia, pode ser comparado a uma lâmpada incandescente de 150 watts ou mais.

Blog do Luis: O computador é formado por várias peças, como o monitor, CPU, estabilizador, roteador da rede, impressora, etc. Qual dessas peças consomem mais energia?

Copel: Dos equipamentos relacionados (monitor LCD, CPU, estabilizador, roteador da rede, impressora), o que possui maior potência é a CPU e, por conseqüência, é a que consome mais.

Blog do Luis: Há alguma diferença no consumo de energia entre computadores desktop e notebooks?

Copel: Do ponto de vista do consumo de energia elétrica, geralmente um desktop consome mais que um notebook.

Clique Aqui para voltar ao índice da entrevista

Algumas considerações adicionais

Como explicado acima, no caso do computador a CPU é a que mais consume energia e a razão para isso é muito simples: o processador. Ele é um equipamento que trabalha constantemente enquanto o computador está ligado e por seu alto uso, ele gera muito calor, fato é que é necessário uma ventoinha (um pequeno ventilador) posicionado sobre ele para evitar sobreaquecer. Para se ter uma ideia, em laboratórios ou datacenter onde há uma concentração grande de computadores é recomendável no primeiro caso e absolutamente necessário no segundo caso de que o ambiente seja resfriado com ar condicionado devido ao intenso calor que gera.

No hemisfério norte, os datacenters geralmente são construídos próximos a rios (mesma lógica das usinas nucleares) com a finalidade de usar a água para ajudar na refrigeração, mas principalmente em locais muito frio. O Facebook, por exemplo tem um datacenter que fica no norte da Suécia, bem pertinho do polo norte.

A geladeira é uma grande vilã no consumo de energia. Recentemente minha geladeira queimou o motor e precisou ficar desligada por aproximadamente uma semana até que a peça fosse trocada. Como eu tenho o hábito de anotar quase que diariamente o consumo de energia aqui em casa, pude perceber que nos dias em que fiquei sem geladeira, o consumo caiu absurdamente.

Como era no verão e eu estava usando bastante ar condicionado na época, foi possível comparar e chagar a seguinte conclusão sobre o consumo:

  • 1/3 (um terço) do consumo era do ar condicionado. (este dado eu obtive comparando os dias de uso e os sem uso)
  • 1/3 (um terço) do consumo era a geladeira (dias sem geladeira com os anteriores e posteriores com ela ela em funcionamento)
  • 1/3 (um terço) do consumo para os demais equipamentos elétricos (chuveiro, lâmpadas, computador, televisão, microondas, máquina de lavar, carregadores de celulares, entre outros)

Observação: Minha geladeira não é de modelo antigo, já que esses gastam mais ainda. É uma modelo frost-free, bem moderna, que dizem ser mais econômica em termos de consumo energético.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2019 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio