Evolução dos Sistemas de Informação: DOS, Windows, web e mobile

Veja uma análise que mostra como ocorreu a evolução dos Sistemas de Informação, iniciando no que chamamos era DOS, passando pelas eras Windows e web, até chegar na era mobile. Veja as mudanças e as principais características de cada período.

Home » Tecnologia

Os sistemas de informação que conhecemos hoje é fruto de anos de evolução tecnológica e procedimental. As empresas evoluíram no processo de gestão, a indústria modernizou os processos de produção e as pessoas evoluíram na maneira de relacionar, comprar, negociar e interagir com a tecnologia.

Tudo isto fez com que a evolução dos sistemas de informação ocorresse de forma acelerada para acompanhar as constantes transformações do mundo dos negócios. Entendemos que três fases importantes devem ser consideradas quando analisamos a evolução dos sistemas de informação: era DOS, era Windows e era Web.

Era DOS

DOS (Disk Operation System) era o nome do sistema operacional da Microsoft que fez muito sucesso até o início dos anos 90 e que permitiu que os PCs tornassem populares.

Principais características dos sistemas de informação nesta época

  • Tela em modo texto;
  • Uso do teclado;
  • Os sistemas de informação eram usados para processos repetitivos;
  • Os sistemas de informação eram usados em substituição da máquina de escrever;
  • Usados em grandes empresas ou segmentos específicos de mercado;
  • Principais linguagens de programação: Clipper e COBOL;
  • Principais bancos de dados: DBF e arquivos textos;
  • Foco no operador. Havia profissionais específicos para operar os sistemas de informação.

Era Windows

O Windows veio em substituição ao DOS. Trouxe um novo conceito, o conceito de janelas, e incorporou novas formas de trabalhar no computador, como o uso do mouse, arrastar e soltar, entre outras. O Windows proporcionou uma grande evolução dos sistemas de informação.

Principais características dos sistemas de informação nesta época

  • Tela em modo gráfico - Janelas do Windows;
  • Uso do mouse. (Resistência no início);
  • Formulário Windows;
  • Sistemas de informação para gestão empresarial;
  • Sistemas bancários;
  • Automação industrial;
  • Os sistemas de informação chegaram a empresas de todos os portes;
  • Principais linguagens de programação: Visual Basic, Delphi, Java, C++;
  • Principais bancos de dados: Oracle, SQL Server, Paradox, Access, DB2, Sybase, outros;
  • Foco nos colaboradores: O operador foi substituído pelos colaboradores.

Era Web

A era web está proporcionando uma nova evolução nos sistemas de informação. Os sistemas web based (sistemas baseados em web) são aqueles que rodam em um browser e ganha cada vez mais espaço.

Principais características dos sistemas de informação nesta época

  • Uso do browser como plataforma;
  • Interface e formulário web;
  • Aplicações B2B - Gerenciamento de negócios entre empresas;
  • B2C - Comércio eletrônico;
  • SaaS - Software as service - Software como serviço;
  • Web 2.0 - Sistemas colaborativos;
  • Principais tecnologias: HTML, Javascript, CSS, ASP, ASP.NET, PHP, JSP, PL e ColdFusion;
  • Principais bancos de dados: SQL Server, Access, MySQL, Oracle, etc;
  • Foco no usuário: O próprio usuário passou a operar os sistemas, como no caso de uma compra em uma loja virtual. Nesse caso o usuário faz o pedido, faz o pagamento, baixa o estoque, escolhe a forma de entrega (logística), etc. Tudo isto sem a interferência de um colaborador interno da loja.

Era mobile

A mobilidade trouxe enormes vantagens em termos de participação da população quanto ao uso da tecnologia da informação. É difícil encontrar uma pessoa que não tenha ou use um smartphone e com isso as empresas aproveitam também esta grande penetração deste tipo de dispositivo para prover serviços.

Cada Aplicativo de celular é um sistema de informação, muitos tem funções bem mais resumidas do que as versões disponíveis em outros tipos de dispositivos, mas são sistemas de informação.

Do ponto de vista da análise de sistemas, as principais características encontradas neste ambiente são:

  • Espaço de tela muito reduzido e com isso designer e desenvolvedores precisam trabalhar muito para embutir os recursos em um espaço tão limitado;
  • Os principais sistemas criados para smartphones são aqueles destinados a oferecer serviços a usuários finais, como banco,
  • Armazenamento de dados remoto. Isto significa que o aplicativo no smartphone é apenas um cliente, já que os dados são armazenados remotamente;
  • Principais tecnologias: Java para Android, Objective-C ou Swift para iOS (Apple) e C# para Windows Phone.
  • Banco de dados: Ainda permanece os mesmos do modelo web, como MySQL, MariaDB, PostgreSQL e algumas versões no-sql.
  • Foco no usuário: Assim como já acontece no ambiente web, aqui o usuário é o protagonista da operação do sistema, mas com o diferencial de que ele faz isto de forma móvel, em todo o lugar e a todo tempo. É uma espécie de exaustão, já que ao acessar e usar os muitos serviços disponíveis, o usuário está sendo um operador dos sistemas constantemente.

Conclusão?

Qual será a próxima era? Bem, não é possível dizer com certeza, mas creio que o nome dela é Internet das Coisas. Penso que muito em breve terei de atualizar este post para informar as características da nova era dos sistemas de informação.

Se isto se confirmar, o que sabemos desde já é que se trata da internet nos mais diversos eletroeletrônicos e dispositivos elétricos que podemos imaginar. Geladeiras, máquinas de lavar, televisores, automóveis, entre outros.

Quem viver verá.

Atualizado em 30 de maior de 2019.

Atualização: Um exemplo de sistema de informação, o SIA - Sistema de informação Ambulatorial

Os sistemas de informação podem ser classificados de várias formas, essas classificações são úteis em vários aspectos e visam definir um foco, tamanho do sistema ou o propósito dele. Uma das formas de classificar SI é pela atividade que ele visa atender, sistemas financeiros, geográficos, estatísticos, de saúde, etc.

Na atividade saúde, por exemplo, podemos encontrar subclassificações como o SIA – Sistema de Informação Ambulatorial. Este tipo de sistema é usado por hospitais para gerenciar ambulatórios e fornecer informações para o SUS como a capacidade de atendimento, quantidade de atendimentos por especialidade, habitantes, procedimentos, etc.

Desta forma, sistema de informação ambulatorial é um tipo de sistema bastante específico, pois atende um tipo particular na área da saúde.

Um documento do Departamento Nacional de Auditoria do SUS explica melhor a função desses sistemas, incluindo o SIA - Sistema de Informação Ambulatorial. O documento é ideal para profissionais da área da saúde, principalmente os gestores, analistas de sistemas ou estudantes que desejam conhecer as funcionalidades, aplicações e demais conceitos relacionados.

Outros sistemas de informação relacionados à área da saúde são:

  • SINASC - Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos.
  • SINAN - Sistema Nacional de Agravos de Notificação
  • SISVAN - Sistema de Informações de Vigilância Alimentar e Nutricional
  • SIAB - Sistema de Informações de Atenção Básica.
  • SIM - Sistema de Informações sobre Mortalidade.
  • RNIS - Rede Nacional de Informações em Saúde.
  • RIPSA - Rede Interagencial de Informações para a Saúde.
  • SIA/SUS - Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS.
  • SIH/SUS - Sistema de Informações Hospitalares do SUS.

 


VEJA TAMBÉM:

CANAL NO YOUTUBE

INSCREVA-SE:



Sistemas Web

Playlist de SQL

Youtube Youtube Youtube
© 2021 - Utilidade Pública: Tecnologia, Educação e Cidadania.