Conheça as partes do computador, como memória RAM e ROM, CPU e outros

Veja este breve tutorial que mostra as diferenças entre as Memórias RAM e ROM e ainda os conceitos e definição de CPU, gabinete, processador, placa mãe e HD ou disco rígido. Tutorial para conhecimento da informática.

Home Tecnologia

Quando você for comprar um computador irá notar muitos termos associados às características do mesmo. Memória, processador, CPU, entre outros termos que são comuns na informática. Neste artigo quero mostrar em poucas palavras as diferenças entre os dois tipos de memória as principais definições para os termos CPU, processador e gabinete.

Memória RAM

A sigla RAM vem do inglês Random Access Memory e é usada em todos os computadores. Quando você liga abre um programa qualquer o mesmo precisa ser carregado na memória RAM para que você possa usá-lo, o mesmo acontece quando você abre um arquivo em um programa qualquer.

A memória RAM tem um limite e quando este é alcançado haverá lentidão ou até a impossibilidade de abrir novos programas ou arquivos. O tamanho da memória RAM é feita em bytes e seus desdobramentos. Atualmente a maioria dos PC´s e Notebooks têm memórias com 1 GB a 4 GB. Para saber o tamanho da memória do seu computador, siga os passos abaixo:

Clique em Iniciar e depois clique com o botão direito em Computador e finalmente em Propriedades.

Processo de verificação da memória RAM no computador

 

Processo de verificação da memória RAM no computador

Memória ROM

Já a sigla ROM significa Read Only Memory que indica que é uma memória apenas para leitura de informações. A memória ROM é usada para guardar aquelas informações vitais ao funcionamento do computador, quando este é ligado o mesmo faz a leitura desta memória para obter os dados necessário para seu funcionamento e acionar o sistema operacional que uma vez carregado passará a comandar o computador. As informações da ROM são gravadas pelo próprio fabricante.

CPU ou Gabinete

O termo CPU as vezes se confunde com gabinete, mas pelo menos conceitualmente há uma diferença entre eles.

CPU é o conjunto de dispositivos que formam a Central de Processamento, ou seja, processador, placa mãe, memória, etc.  Conceitualmente diz respeito aos recursos responsáveis por fazer o computador funcionar.

Gabinete é o nome da “caixa” onde a CPU está montada, portanto conceitualmente pode ser usada para designar os aspectos ou componentes físicos apenas.

Processador

O processador é o coração do computador, ele é responsável por fazer as coisas acontecer. Quando você abre um programa ou digita um texto no Word, por exemplo, o processador precisa trabalhar para reconhecer o que está sendo feito, realizar os cálculos necessários para mostrar a informação solicitada e enviar as informações para os lugares certos.

Para verificar qual é o processador do seu computador, siga os mesmos passos descritos acima em Memória RAM e observe a informação descrita em Processador.

Processo de verificação do processador no computador

Lembre-se que em informática a essência é matemática e mesmo que você esteja produzindo ou tratando uma imagem, o processador estará realizando milhares de cálculos matemáticos para que sua imagem fique como você deseja.

Disco rígido ou HD

O disco rígido forma junto com a memória RAM e o processador, o trio que determinará a performance do dispositivo, como velocidade e capacidade que ele terá.

Como vimos acima, a memória é de uso temporária, ou seja, é usada para manter as informações enquanto o dispositivo estiver ligado e em uso, mas a função do HD é de repouso das informações.

Os dados gravados nele são permanentes, ou seja, eles não são perdidos quando o dispositivo é desligado e por isso é que conseguimos abrir aquele arquivo no dia seguinte, pois o mesmo ficou guardado e gravado no espaço do disco rígido.

Os atuais tamanhos de discos rígidos para notebooks e PC novos giram entre 500 GB a 4 TB.

Para saber o tamanho do HD ou disco rígido do seu computador ou notebook, acesse o Gerenciador de arquivos do Windows e clique na opção “Este computador” ou “Meu computador”. Do lado ele mostrará os discos disponíveis, o tamanho de cada um deles e o quanto já foi usado, conforme mostra a imagem abaixo:

Disco rígido

HD interno e externo

Outra definição importante é a de HD externo que muitos conhecem e usam com substituição do pendrive. Não há diferença entre interno e externo, exceto pelo fato de um ser usado internamente e outro externamente, mas o método de funcionamento, bem como os recursos deles são os mesmos.

CUIDADO! Quem usa HD externo deve ter cuidado, especialmente em caso de transporte do dispositivo para evitar quedas, pois isto pode danificar o disco interno dele.

Disco SSD

Atualmente está em uso os chamados discos SSD que surpreende muita gente pela alta performance que eles têm. Quando você está acostumado com um HD comum e troca por um SSD é notório o aumento da velocidade e desempenho do computador.

Isto acontece, pois, esta tecnologia foi desenhada exatamente para isso mesmo, ou seja, alta performance. Ela tem sido usada inclusive nos grandes servidores que hospedam sites e serviços na internet para garantir mais rapidez no processamento e disponibilização dos dados.

É uma boa opção para quem quer dar um “up” no PC e principalmente em notebook que as vezes são muito lentos.

Placa mãe

A placa mãe também faz parte do chamado CPU e é uma parte importante, pois é nele que conectamos os demais dispositivos vistos acima. Apesar de parecer igual há diferenças de qualidade e recursos de cada uma.

Sua função não é apenas de servir de suporte para conectar memória, HD, processador e outros, mas de transportar as informações entre eles e permitir o correto funcionamento de todo o conjunto.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2019 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio