Tipos de viagens: nacional e internacional, carro, ônibus, avião e outros

Quais são os tipos de viagens e como elas podem ser classificadas? Analisaremos esses tipos quanto ao destino, meio de transporte, motivação e quantidade de pessoas.

Home » Educação

Quando o assunto é viagens a maioria das pessoas ficam animadas, isto porque viajar é uma prática que agrada a maioria das pessoas, sendo considerado uma das formas mais comuns de recreação, lazer, sem contar naquelas situações de necessidade.

Mas quando falamos em viagens, devemos considerar que existe uma variação grande de tipos, motivações e outros parâmetros que determina a natureza da viagem como um todo.

Esse artigo iremos analisar os diversos tipos de viagens que podem ser sintetizados no índice abaixo:

[indice]

  • Quanto ao destino

    • Nacionais
    • Internacionais

  • Quanto a motivação

    • Férias
    • Trabalho
    • Estudos
    • Participação em eventos
    • Social
    • Religiosa
    • Outras necessidades

  • Quanto ao meio de transporte

    • Ônibus
    • Carro
    • Aérea
    • Trem
    • Navio / Embarcação
    • Outros meios

  • Quanto à quantidade de pessoas

    • Sozinho
    • Família
    • Pequeno grupo
    • Excursão

[fim-indice]

Quanto ao destino

A primeira forma que iremos analisar e quanto ao destino da viagem e nesse caso ela pode ser dividida em dois grupos, sendo as viagens nacionais e as internacionais.

Nacionais

As viagens nacionais são aquelas que acontecem dentro do território nacional, no nosso caso, o Brasil. Elas podem também ser subdivididas em viagens intermunicipais e interestaduais. A primeira refere-se a um deslocamento de um município para o outro, mas dentro do mesmo estado. Já a segunda refere-se ao deslocamento de um estado para o outro, como por exemplo ir de alguma cidade que está no estado de São Paulo para outra cidade que está no estado de Minas Gerais.

As viagens nacionais são as mais comuns, por serem mais baratas e por poderem ser feitas em um curto espaço de tempo, como por exemplo um final de semana ou até no mesmo dia.

Internacionais

Já as internacionais são aquelas que ocorre entre dois ou mais países, no nosso caso significa dizer que alguém saiu do Brasil e foi um outro país qualquer. As viagens internacionais são mais complexas, mais caras e normalmente mais demoradas.

Existem diversos fatores a serem considerados, como por exemplo a diferença de idiomas, diferença de moeda, diferenças culturais, alimentícias, leis, fuso horário, dentre outros.

Desta forma esse tipo de viagem requer normalmente um planejamento maior, sem contar que para muitos países é necessário a obtenção de um visto, ou seja, uma autorização prévia de entrada. Mas de toda forma, quando você chegar um país qualquer, existe a possibilidade de você ser impedido de entrar, por inúmeras razões. Portanto as viagens internacionais sempre são vistas com pouco mais de cuidado do que se fosse em um roteiro puramente nacional.

Lembre-se, que com exceção de países do Mercosul, você precisa de um passaporte para poder entrar em outros países. Este documento é emitido no Brasil pela Polícia Federal. Para os países do Mercosul, como a Argentina, Paraguai e Uruguai, basta apenas apresentar o RG ou a carteira de habilitação, desde que tenham nela o número do RG.

Quanto a motivação

A outra forma de classificar as viagens é quanto a motivação, ou seja, o que causou o motivo para aquela viagem. Nesse caso podemos considerar as férias, trabalho, eventos, dentre outros, como poderemos ver abaixo.

Férias

As viagens de férias são muito comuns e acontece com muita frequência, com boa parte das pessoas. Tem gente que trabalha pensando nas férias e não é para dormir, mas sim para viajar.

Como no Brasil existe o direito legal de ter 30 dias de férias, é um período bastante significativo para realizar uma viagem nacional ou internacional, desta forma a motivação de férias é um dos mais comuns.

Trabalho

Mas existem muitas pessoas que precisam viajar a trabalho, sejam viagens esporádicas ou até aqueles casos em que a uma rotina mais ou menos já definida.

Empresários, executivos, palestrantes, vendedores, profissionais de alto escalão de empresas, técnicos especializados, dentre tantos outros casos são mais propensos a terem de realizar esse tipo de viagem.

Viagens a trabalho tem como característica o fato de serem definidas pelas empresas, e portanto, o roteiro, duração, até o hotel onde você ficará hospedado, geralmente é definido pela empresa.

É claro que é possível tirar algum proveito desse tipo de viagem para algum tipo de lazer, nos horários vagos, mas normalmente o foco dessas viagens é o desenvolvimento do trabalho proposto pela empresa.

Estudos

Viagens por motivação de estudos são menos comuns, mas elas podem acontecer em alguns cenários, especialmente de alunos da educação superior, de cursos de mestrado, doutorado, dentre outros.

Participação em eventos

A participação em eventos é outra motivação que leva muitas pessoas a precisar viajar. Existe no Brasil e em boa parte do mundo um calendário anual de eventos de importância significativa para algumas pessoas e para algumas áreas. Sejam feiras, seminários, shows, eventos esportivos, eventos religiosos, dentre outros.

Uma característica comum desse tipo de viagem é que elas podem ser curtas, como por exemplo a participação em um show ou de uma partida de futebol que dura apenas algumas horas. Mas há casos, como feiras que podem durar vários dias, logo varia de caso a caso.

Social

As motivações sociais também são grandes impulsionadores para que as pessoas tenho que se deslocar de suas cidades a outras localidades, seja dentro do estado, em outro estado ou até em outros países.

Aqui está inserido as viagens para visitar familiares ou parentes, algo que é muito comum no Brasil e faz parte da nossa cultura. Além disso a outras questões sociais como visitar amigos, colegas de trabalho e de escola, dentre outros.

Religiosa

A motivação religiosa também é bastante forte no Brasil e ela acontece em alguns pontos e locais específicos, bem como em datas mais comuns. Nesses casos é possível atrair uma quantidade grande de pessoas em um único dia.

A cidade de Aparecida no interior de São Paulo é um é um bom exemplo, mas além dela há diversos exemplos em várias partes do Brasil.

Outras necessidades

Mas devemos considerar que as pessoas podem viajar por qualquer motivo, portanto além dos itens citados acima, pode haver uma lista enorme de motivações que levam as pessoas a viajar. Em alguns casos, não é necessariamente um motivo a viagem em si é o motivo, como acontece quando as pessoas estão sem fazer nada e simplesmente chegam a conclusão que querem viajar.

Existe também aqueles casos típicos de pessoas que se deslocam para outros municípios, geralmente maiores em busca de acesso algum tipo de serviço, Entretenimento ou simplesmente para bater perna em um shopping.

Portanto as motivações podem ser bem variadas e como disse acima, em alguns casos o simples fato de viajar já é a motivação em si.

Quanto ao meio de transporte

Outra classificação que podemos fazer quando os tipos de viagem em relação ao meio de transporte que é utilizado para deslocar-se de um ponto para o outro. Aqui temos uma relação também grande e elas podem ser de ônibus, de carro, de avião, de trem, bem como outros meios.

Ônibus

As viagens de ônibus já foram extremamente comuns no Brasil e embora talvez tenha perdido um pouco de espaço, especialmente para os automóveis e mais recentemente para os aviões, ainda é muito relevante as pessoas usarem ônibus para se locomover de um local para o outro.

As viagens de ônibus têm como vantagem o fato de serem baratas e portanto mais acessível a boa parte das pessoas, o que a torna bastante comum, especialmente para médias distâncias.

Nas viagens de ônibus, o referencial o que temos são as rodoviárias, que são locais de embarque e desembarque de passageiros por este modal de transporte.

Carro

Viajar de carro tornou-se uma alternativa muito usada no Brasil que optou por este tipo de meio de transporte com muita intensidade. Nas viagens de curta e média distância, eles são destaques.

As viagens de carro têm como vantagem a sua comodidade, rapidez e independência, pois você não fica mercê de horários, rotas outros aspectos que são considerados por outras modalidades de transporte.

Para as viagens mais longas, pode se tornar cansativo e também é considerado um meio bastante perigoso, especialmente no Brasil onde as condições das estradas não são das melhores, o excesso de velocidade por muitos motoristas é constante, dentre outros perigos que existem nas estradas.

Aérea

As viagens aéreas, caras e inacessíveis no passado, tornaram-se bem mais em conta e com isso atraiu muita gente que não tinha o hábito de fazer viagens de avião.

As vantagens desse tipo de transporte são bastante óbvias, sendo a velocidade a mais evidente. Sair de um determinado ponto do país e em poucas horas estar do outro lado do país ou até em outros países é algo muito importante para a maioria das pessoas que vive em um ritmo bastante acelerado e que considera o tempo como algo muito importante.

Dizem que é um dos meios de transporte mais seguros, mas creio que não é segurança que as pessoas pensam quando vão viajar de avião e sim exatamente o fato de poder em fazer um longo trajeto em um período muito curto de tempo.

Trem

As viagens de trem já foram muito frequente em algumas regiões do Brasil, mas atualmente a situação é bastante precária e os trens perderam de vez o destaque que tinham em transportar passageiros pelo país.

As linhas férreas que sobreviveram, na maioria dos casos são destinadas ao transporte de cargas, restando ao transporte de passageiros alguns pequenos trechos e geralmente com finalidades turísticas. Claro que há uma exceção para os metrôs e trens metropolitanos que fazem curtos trajetos nas grandes cidades do Brasil.

Para muitos, há um saudosismo enorme associado com as viagens nos barulhentos e lentos trens de passageiros que já cortaram boa parte deste país levando pessoas.

Vale lembrar que em alguns países o transporte ferroviário ainda é bastante relevante e ainda tem um papel importante no transporte de passageiros.

Navio / embarcação

O Navio ou embarcações similares são também meios de transporte bastante utilizados, especialmente em algumas regiões do Brasil, como na região amazônica por exemplo. Por lá, as poucas estradas e abundância de rios, torna bastante propício uso de embarcações fluviais para conectar cidades e outras comunidades ribeirinhas.

Se olharmos para o mapa, veremos que boa parte das cidades da região amazônica estão próximas algum rio, o que facilita a utilização desse meio de transporte.

Também devemos considerar o transporte pelos mares e oceanos, que já foi muito comum no passado para transportar passageiros, mas hoje resta talvez os grandes cruzeiros que tem as finalidade turística, ou as curtas viagens feitas utilizando embarcações menores.

Outros meios

Existem outros meios de transportes, alguns um pouco ultrapassado para o nosso tempo, mas nada impede de que sejam utilizados. Podemos citar aqui viagens a cavalo, carroças, bicicleta, a pé, o balão, dentre outros.

Quanto à quantidade de pessoas

Por fim devemos analisar as viagens em relação a quantidade de pessoas ou a formação dos grupos para realização das mesmas.

Sozinho

Viajar sozinho é um hábito mais comum quando a pessoa viajar a trabalho, nesse caso em função das características peculiar desse tipo de deslocamento, geralmente apenas uma pessoa faz a viagem. A outros exemplos em que uma pessoa pode viajar sozinho, mas as motivações profissionais ou educacionais são as mais comuns.

Família

As viagens em famílias são bastante comuns, especialmente pela motivação de férias, onde a família inteira ou pelo menos boa parte dela participam da viagem. Os destinos mais comuns nesses casos são as cidades litorâneas com praias, cidades com grandes atrativos turísticos ou de entretenimento, como acontece com os parques de diversões, dentre outros.

Também é comum as pessoas viajarem de carro quando o assunto é família e isto tem uma razão muito simples: economia. Mas nada impede de que seja feito por via aérea o mesmo de ônibus, mas a comodidade a economia gerada pelo custo-benefício de transportar várias pessoas em um mesmo carro, torna bastante comum este meio de transporte.

Pequeno grupo

As viagens em pequenos grupos podem ocorrer por várias motivações, podendo ser a trabalho quando algumas pessoas da mesma empresa precisamos fazer a mesma viagem, por estudo, para participar de algum evento, dentre outros.

Excursão

A excursão é um tipo de viagem bastante comum, especialmente quando o assunto é eventos, shows outra motivação de grupo.

Normalmente neste caso é feita de ônibus e tem um destino em comum com um grupo grande de pessoas que se unem para contratar um ônibus para fazer o transporte aqui até aquele determinado local

O chamado turismo de compras atrai bastante esse tipo de viagens e cidades como São Paulo, bem como a Cidade do Leste no Paraguai são destinos importantes nesta modalidade.

A grande vantagem é que o custo da viagem acaba ficando bastante baixo, uma vez que ele é rateado por um grupo grande de pessoas que conseguem baratear o custo para todos.


VEJA TAMBÉM:

CANAL NO YOUTUBE

INSCREVA-SE:



Sistemas Web

Playlist de SQL

Youtube Youtube Youtube
© 2021 - Utilidade Pública: Tecnologia, Educação e Cidadania.