Principais Dificuldades para Acessar a Nota Fiscal Paulista

Fiz o cadastro, mas a senha está bloqueada. Preciso desbloquear a senha. Esqueci a senha e agora não consigo acessar. O que fazer? Essas e outras dicas aqui com muita informação a respeito de como lidar com essa situação.

Depois de verificar uma enxurrada de perguntas relatando as principais dificuldades para acessar a Nota Fiscal Paulista, resolvi fazer uma compilação destas principais dificuldades para tentar ajudar essas pessoas com dificuldades. Normalmente as pessoas querem respostas rápidas, diretas e se possível que resolva o problemas delas com um estalo de dedo, mas não é bem assim. É preciso ler com atenção o que está escrito para não tirar conclusões precipitadas.

Separei por assuntos, portanto leia até o final para ver se sua dúvida está respondida. Se não estiver, veja os links que coloquei no texto. Somente o pessoal do Governo de São é que poderá responder essas outras questões, ok?

Qual o site oficial da Nota Fiscal Paulista

A nota Fiscal Paulista é um programa do governo de São Paulo e o site oficial do programa é: https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br

O endereço para fazer o cadastro na Nota Paulista é:

https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/cadastroCAT/SolicitacaoCadastroCPF.aspx

Não consegui cadastrar. O que fazer?

Nem todas as pessoas conseguem fazer com sucesso o cadastramento na Nota Fiscal Paulista. No cadastro são solicitados dados pessoais como CPF, nome, data de nascimento, cep, entre outros. É necessário também cadastrar uma senha de acesso.

No site da NFP, há um manual de orientação para o cadastramento. Clique Aqui para acessá-lo.

Fiz o cadastro, mas a senha está bloqueada. Preciso desbloquear a senha

Se por algum motivo sua senha está bloqueada é necessário fazer o desbloqueio dela. Neste caso  você deverá seguir um dos seguintes passos:

  • Procurar um posto da Receita Paulista. Veja aqui (https://www.fazenda.sp.gov.br/regionais/) como localizar o posto da receita mais próximo de você.
  • Preencher um formulário de solicitação de desbloqueio e enviar pelo Correio. Clique Aqui para acessar o formulário para desbloqueio da senha na Nota Paulista. Este formulário está disponível no site da NFP.

Esqueci a senha e agora não consigo acessar. O que fazer?

Se você esqueceu a senha, será necessário recuperá-la. Para isto, siga os passos abaixo:

  • Acesse o formulário de Login (https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/login.aspx)
  • Digite seu CPF no campo CPF/CNPJ.
  • Clique no link Esqueci minha senha
  • Escolha uma das três opções: Envio de frase por email, criar nova senha ou ir ao Posto Fiscal.

Como faço para ver meu saldo?

Porque algumas notas fiscais estão com crédito zero?

De fato algumas notas fiscais não geram crédito nenhum. Não sei ao certo porque isto ocorre, mas em alguns casos é possível obter uma explicação razoável (figura abaixo).

Nota Fiscal Paulista

Eu sempre coloco o CPF na Nota Fiscal, mas não sou cadastrado.

O cadastro é para efeito de consultas e utilização do crédito. Se você coloca o Cpf na nota, mesmo não sendo cadastrado o crédito vai ser gerado para você.

Ainda tenho dúvidas. O que fazer?

Se ainda tem dúvidas, siga uma das seguintes opções:

Você é funcionário do Governo? Este blog é do governo?

NÃO E NÃO. Não sou funcionário do governo e este blog não é do governo. Apenas costumo dar dicas sobre serviços públicos que estão na internet, certo? Estamos conversados?

Sobre a Nota Fiscal Paulista

CPF na nota? Se você mora no estado de São Paulo ou faz compras por aqui, já deve ter ouvido muito esta pergunta. Seja no supermercado, lojas, postos de abastecimentos, entre outros comércios, a Nota Fiscal Paulista está disponível a toda a população. Mas o que este programa?

Quando você coloca o CPF na Nota Fiscal significa que você está dizendo ao governo do estado de são Paulo que quando o imposto for cobrado daquela nota, você deseja receber a devolução de até 30% do valor do imposto cobrado. Quando uma pessoa não pede a NF Paulista, ou seja, não coloca o CPF na nota, ele deixa de ter o benefício da restituição de parte do imposto pago naquela nota.

Já notei que muitas pessoas respondem com um não categórico quando a pergunta sobre o CPF na nota é feita. Noto com certa frequência em supermercados e outros estabelecimentos. Em parte, isto pode ocorrer porque muitas pessoas temem que o programa nota fiscal paulista esteja vinculado a questão de imposto de renda e controle de gasto, mas isto é bobagem por dois motivos:

Primeiro: Se o governo estive de fato querendo controlar seus gastos e descobrir se você está sonegando, precisaria de mais ações. Não é controlando suas compras que ele vai descobrir se você sonega ou não. Hoje, acho que ninguém guarda dinheiro em baixo do colchão. Se você movimenta seu dinheiro por banco ou cartão de crédito, isto já é mais que suficiente para o governo saber se você sonega ou não.

O segundo motivo pelo qual colocar o CPF na Nota Fiscal Paulista não tem a ver com controle de gastos e sonegação é que o programa é do governo do estado de São Paulo e a Receita Federal que cobra o imposto de renda e do Governo Federal. São coisas diferentes e por isso não vejo ligação entre uma coisa e outra.

Os benefícios do programa Nota Fiscal Paulista são explicados no vídeo abaixo:

Os créditos poderão ser doados para uma instituição de caridade credenciada pelo governo de São Paulo para receber os créditos que você tinha direito. Então você poderá ser beneficiado ou poderá optar por oferecer o benefício para outras instituições.

Mesmo depois dos créditos já gerados em sua conta, você poderá ainda transferi-los a outra pessoa, caso desejar.

E você?  Você pede ou não a Nota Fiscal Paulista?

Como pedir?

Ao realizar compras em qualquer estabelecimento comercial no Estado de São Paulo, já é comum os caixas perguntarem se você deseja colocar o CPF na nota. Esta opção é o primeiro passo para participar do programa, ou seja, na hora de pagar a emissão da nota fiscal ou do cupom fiscal, o número do seu CPF deve ser incluído na nota, isto irá vincular aquela compra ao seu CPF.

Depois disso, basta fazer o cadastro no site da Receita Paulista (Governo do Estado de São Paulo), se você não tiver cadastro ainda. Esse cadastro tem a finalidade de de você acompanhar as notas que foram emitidas em seu CPF, o crédito que cada nota gerou, bem como o saldo acumulado de todas as compras.

Uma vez que exista saldo disponível, você pode fazer a solicitação da retirada do dinheiro, que pode ser por depósito em conta ou pedir abatimento no valor do IPVA, caso você tenha automóveis em seu nome.

Não é possível transferir o valor para o outra pessoa, seja através de conta bancária ou de IPVA de automóveis que esteja no nome de outra pessoa. Apenas o titular do CPF é o beneficiário.

COMPARTILHE: Facebook Twitter WhatsApp


VEJA TAMBÉM:

© 2021 - Utilidade Pública: Tecnologia, Educação e Cidadania.
Este site usa cookies e ao continuar navegando, você concorda com a política de privacidade.