Cursos técnicos ajudam quem quer fazer faculdade

Ensino técnico e educação superior não são excludentes e sim complementares. Há fortes indícios de quem faz curso técnico tende a ter uma melhor experiência na faculdade.

Home Educação

Fazer um curso técnico é uma alternativa válida para quem deseja buscar logo o ingresso no mercado de trabalho. Historicamente ele foi usado com esse objetivo já que tem um tempo de duração relativamente curto e a grade do curso é focada no mercado de trabalho, objetivando preparar o aluno para atender a demanda local de mão de obra qualificada.

Contudo, pesquisas apontam que alunos que fizeram um curso técnico têm grandes chances de ter melhor desempenho na faculdade.  Não podemos tomar isso como uma regra, é claro, mas se este indício de fato proceder, temos então mais um papel importante que este tipo de curso pode desempenhar.

Ensino técnico e ensino superior

Sou professor em cursos técnicos a praticamente 10 anos e neste período percebi que as pessoas valorizam muito o ensino técnico e o mercado de fato absorve alunos com boa formação técnica. Já tive alunos também que após concluir o técnico ingressaram na faculdade e hoje já são profissionais de mercado.

Outro fato que percebo também é uma quantidade notável de alunos que ao concluir a faculdade volta para fazer um curso técnico a fim de buscar prática, já que muitos relatam que na faculdade há muita teoria e pouca prática.

Trabalho, crescimento pessoal, preparação para a faculdade, entre outros. Seja qual for o objetivo é certo que a educação técnica que já passa dos 60 anos no Brasil vem cumprindo um importante papel na sociedade e contribuindo muito para a formação de jovens e adultos.

Veja abaixo algumas características importantes sobre os cursos técnicos:

Com qual idade pode-se iniciar um curso técnico?

Pode ser feito por pessoas de qualquer idade, desde que tenha pelo menos o ensino fundamental, para alguns casos, e estar cursando pelo menos o 2º ano do ensino médio, para outros.

Antes de se inscrever em um curso é importante verificar esta exigência dele. O primeiro caso é aplicado a escolas que oferecem o ensino médio junto com o ensino técnico. Já o segundo caso é para os casos em que eles são feitos separados ou apenas um deles é ofertado.

Pagos ou gratuitos?

Podem ser pagos quando ofertados por escolas privadas ou gratuitos quando ofertados por escolas da rede pública federal, estadual ou municipal. Há também muitas opções de bolsas de estudos em escolas técnicas particulares, como é o caso das escolas do Senac, Senai e outras do Sistema S.

Em quais áreas é possível fazer uma formação técnica?

Atende áreas como hospitalidade e lazer, segurança no trabalho, tecnologia da informação, música, saúde e bem estar, esporte e lazer, entre outras.

É possível fazer a eliminação de matérias?

Há possibilidade de eliminar algumas matérias, mediante comprovação de conhecimento naquela área, mas este é um fator que dependerá muito da instituição onde estiver matriculado.

Qual é o ponto forte desses cursos?

O ponto forte é a ênfase na prática, onde o aluno desde as primeiras aulas tem acesso a laboratórios, projetos, criação de cenários, desenvolvimento de atividades no campo de trabalho, entre outras ações. Este é o ponto forte dos cursos técnicos, pois possibilita o acesso ao objeto de estudo de maneira muito mais direta do que em uma formação superior, por exemplo.

A grande parte dos cursos técnicos tem a exigência da realização de um estagio ao final do período do curso, em que além de proporcionar ao aluno uma possibilidade futura de emprego efetivo ainda o dará a oportunidade de adquirir maior contato e experiência com a profissão escolhida, contribuindo mais e mais em seu desempenho profissional e educacional.

Que benefícios eles trazem para quem quer fazer faculdade?

Muitos alunos que fizeram um curso técnico e depois foram para a faculdade, especialmente quando ambos os cursos são da mesma área, relatam o benefício que o curso técnico trouxe no sentido de chegarem ao ensino superior já com uma boa bagagem de conhecimento.

Em alguns casos é possível inclusive fazer uma faculdade concomitante com um curso técnico, desde que sejam em horários opostos, é claro ou que um deles seja na modalidade EAD, por exemplo. Isto não é muito comum, mas pode ser feito e pode trazer benefícios para a pessoa em termos de aliar conhecimento e prática.

Gostou? Compartilhe



 

Leia também:



© 2008-2019 | Professor Digital | Política de Privacidade | Em Jesus Cristo eu confio