Migrar e Exportar dados no SQL Server. Limites SQL Server e Oracle

Veja uma comparação dos principais limitações dos bancos de dados gratuitos, como o SQL Server, Oracle e MySQL. Informações e detalhes dos limites técnicos. Tutorial passo a passo de como exportar dados no SQL Server 2008. O tutorial mostra a migração de dados de um banco para outro, no servidor local ou remoto.

Home » Tecnologia

Os principais bancos de dados são pagos. Oracle e SQL Server são exemplos disso. Contudo, a Oracle e a Microsoft oferecem versões free (grátis) de seus bancos, levando em conta apenas algumas limites técnicos. As limitações de banco de dados free fazem parte de uma estratégia dos fabricante, pois assim que os limites forem alcançadas a sequencia natural seria comprar a versão paga.

Abaixo segue algumas informações sobre os limites dos bancos de dados free do Oracle, SQL Server e o MySQL.

Limitações do banco Oracle XE

Segundo o site da Oracle, o XE apresenta as seguintes limitações:

"Oracle Database XE can be installed on any size host machine with any number of CPUs (one database per machine), but XE will store up to 4GB of user data, use up to 1GB of memory, and use one CPU on the host machine".

Oracle Database XE poderá ser instalado em servidores de qualquer tamanho, com qualquer número de CPUs (uma base de dados por computador), mas XE irá armazenar até 4GB de dados do usuário, usará até 1 GB de memória, e usará uma CPU no servidor. [Tradução livre]

Fonte: https://www.oracle.com/technology/products/database/xe/index.html

Limitações do SQL Server Express

A versão Express do SQL contém algumas limitações ou diferenças em relação às versões pagas do banco. Elas são:

Limite de tamanho do banco: 4 GB

Este item indica que um banco não poderá exceder 4 GB. Isto se aplica apenas aos arquivos de dados e não aos logs. No entanto, não há limites para o número de bases de dados que pode ser conectado ao servidor.

Limite de 1 CPU ou processador

O SQL Server Express poderá ser instalado e executado em servidores com múltiplos processadores, no entanto, apenas um único CPU ou processador é usado para gerenciar o banco.

Características como a execução de consulta paralela não são suportados devido ao limite de um  CPU.

Limite de 1 GB de RAM

“O limite de 1 GB de RAM é o limite de memória disponível para o pool de buffer. O pool de buffer é usado para armazenar as páginas de dados e outras informações. No entanto, a memória necessária para manter o controle de conexões, fechaduras, e assim por diante não é contado para o limite de buffer. Assim, é possível que o servidor use mais de 1 GB no total, mas ele nunca vai usar mais de 1 GB para o pool de buffer.” [Tradução livre do site em inglês do MSDN].

Fonte: https://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms345154

Limitações do banco MYSQL

O MySQL não apresenta essencialmente nenhuma limitação técnica, contudo é importante observar que a limitações de licença. O MySQL poderá ser usado com a licença GPL que atende perfeitamente as necessidades de quem vai usá-lo como software livre. Para projetos comerciais, onde a licença GPL não puder ser usada, será necessário comprar uma licença comercial.

Mais informações sobre as licença MySQL aqui: https://www.mysql.com/about/legal/licensing/oem/

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Quem administra banco de dados sabe da necessidade que há em exportar dados, ou seja, migrar os dados de um banco para outro em um mesmo servidor de banco de dados ou entre bancos de servidores diferentes.

Um exemplo muito típico é quando um desenvolver cria um banco local para desenvolvimento e testes e depois precisa exportar a estrutura e os dados para o servidor de produção.

O SQL Server conta com um recurso bastante simples e eficiente para fazer a migração de dados de um banco para outro. Irei mostrar como migrar a estrutura e os dados de um banco chamado exemplo para outro banco chamado exemplo2. Os dois bancos estão no mesmo servidor, mas o processo é o mesmo para servidores diferentes. Usarei o SQL Server 2008 express

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Bancos exemplo e exemplo2 no mesmo servidor Sql Server 2008

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Siga o exemplo acima para iniciar o assistente de exportação dos dados.

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Primeira tela do assistente. Clique em Avançar

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Nesta tela você irá escolher a origem dos dados, ou seja, o banco que será exportado. Neste caso você deverá informar os dados de acesso ao banco, como o nome do host do SQL Server, usuário e senha. No meu caso escolhi o banco exemplo.

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Nesta tela você irá escolher o destino dos dados, ou seja, para qual banco os dados serão exportados. Neste caso você deverá informar os dados de acesso ao banco, como o nome do host do SQL Server, usuário e senha. No meu caso escolhi o banco exemplo2.

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Nesta tela devemos informar o que queremos migrar. No meu caso escolhi a primeira opção, já que quero migrar as tabelas e os dados.

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Aqui temos a opção de escolher quais tabelas serão migradas.

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Uma vez informados todos os dados, o SQL Server irá executar o processo de migração dos dados. Se tudo der certo, uma tela similar a esta será mostrado.

Há ainda algumas etapas, mas elas são apenas confirmatórias. Clique em Avançar e Concluir.

Exportar dados no SQL Server 2008 – Migração de dados

Veja o resultado. O banco exemplo2 tem a mesma estrutura do banco exemplo.

Este assistente é uma excelente ferramenta do SQL Server 2008 e certamente te ajudará muito quando precisar exportar dados.


VEJA TAMBÉM:

CANAL NO YOUTUBE

INSCREVA-SE:



Sistemas Web

Playlist de SQL

Youtube Youtube Youtube
© 2021 - Utilidade Pública: Tecnologia, Educação e Cidadania.