Qual a importância da universidade e do conhecimento?

Qual a importância da universidade para a obtenção do conhecimento e do desenvolvimento do país? Veja uma análise e as classificações do conhecimento humano. Leia o artigo.

Home » Educação

Quando criança e adolescente vivi em um sítio no interior de Minas, lá minha família plantava milho, arroz, feijão e café. Os três primeiros para o próprio consumo e o último era a fonte de renda que tínhamos. Na época o trabalho era duro, pois além de ser trabalho braçal, a falta de conhecimento no processo de plantio e manuseio da terra nos levava a trabalhar mais e produzir menos.

Importância do conhecimento

Mas o que isso tem a ver com universidade e conhecimento? Tudo. Hoje quando retorno a aquela região vejo pessoas que sozinhas produzem algumas vezes mais a quantidade que produzíamos e com zero de trabalho braçal. Embora essas pessoas não tenham cursado uma universidade, elas beneficiam do conhecimento de outros que fizeram e assim acontece em toda a sociedade.

Pense na construção civil, na indústria, na forma de comunicação entre as pessoas, entre outros. Hoje trabalhamos de forma mais produtiva e menos intensa do que a 30 ou 40 anos atrás. Isto tem a ver com o conhecimento e tem a ver com as universidades.

Por falar em conhecimento, é bom definir sua classificação, que pode ser: filosófico, científico, teológico e empírico.  Filosófico é aquele produzido pela filosofia, baseado no pensamento e observação. O conhecimento científico é produzido pela ciência, baseado em experimentos. O conhecimento teológico é produzido pela religião, baseado na revelação da Bíblia. Por fim o conhecimento empírico é produzido pela crença popular e que é transmitida de geração para geração.

Importância da universidade

Historicamente o Brasil foi um país que deixou em segundo plano a formação acadêmica e isto trouxe muitos prejuízos a todos nós. Aliás, este é um motivo que vez ou outra é citada por analistas econômicos como um entrave ao crescimento do país. Embora estejamos vivendo um momento de corrida pela formação acadêmica, temos de levar em conta que há muito terreno a ser recuperado.

Embora a universidade não seja a única forma de obter o conhecimento, ela é um grande referencial para o desenvolvimento humano.  Em meio a crise que assolou o mundo após 2008, o presidente americano Barack Obama afirmou: “vamos sair da crise, temos as melhores universidades”. Observe a importância da universidade para os EUA não só na formação de jovens, mas na formação de uma economia sólida.

E você? Você não fez um curso superior? Se não, saiba que nunca é tarde para fazer, especialmente com as diversas opções que temos atualmente, como exemplo os cursos superiores a distância. Se quiser conhecer mais sobre eles, visite a seção Educação a Distância disponível no menu lateral deste blog. Bons estudos.

Qual a importância de aprender inglês?

Aprender inglês é um luxo ou uma necessidade? Existe de fato alguma vantagem para uma pessoa comum no Brasil se preocupar em aprender outra língua, como a inglesa, por exemplo? Qual a importância em aprender inglês, espanhol, italiano e outros idiomas que são falados no mundo?

Quando falamos em universidade e conhecimento, certamente a palavra inglês logo aparecerá. Viagens, trabalho lá fora e aqui no Brasil, faculdade no exterior, globalização da cultura, dentre outros. Veja qual a importância de aprender inglês e outros idiomas como espanhol, italiano e outros para a contribuição no conhecimento.

Antigamente aprender inglês era sim um luxo e talvez até status. Os motivos eram muitos e como o Brasil estava praticamente estacionado economicamente e globalmente havia poucas perspectivas para atuação fora do país ou mesmo para atrair estrangeiros ao Brasil que justificasse a necessidade de aprender uma segunda língua. Mas hoje os tempos são outros e aprender inglês bem como outros idiomas é uma necessidade para muitas pessoas e algumas razões para isso pode ser:

Viagens

As viagens internacionais são a bola da vez, os valores atrativos das passagens aéreas internacionais ou os pacotes de viagens, aliado a melhora econômica do país trouxe muita perspectiva de viagens para o exterior e o inglês é o idioma oficial em praticamente boa parte dos destinos turísticos.

Estudo acadêmico

Estudar na Inglaterra, Estados Unidos ou Austrália é cada vez mais comum. Fazer uma faculdade no exterior é uma alternativa que muitos gostariam e portanto o idioma inglês e outros idiomas como o italiano, espanhol e outros acabam sendo necessários.

Trabalho lá fora e aqui

SE você pretende trabalhar na França, terá de falar francês, se for para algum país vizinho terá de falar espanhol, mas em boa parte dos países terá de falar mesmo é o inglês. Mas mesmo para quem trabalha aqui no Brasil a chance de precisar da língua inglesa no trabalho não é remota. Considere as empresas que recém clientes do exterior, ou que fazem negócios com ela, se você é telefonista, por exemplo, poderá a qualquer momento receber uma ligação de alguém falando inglês.

Globalização da cultura

Por fim existe ainda a globalização da cultura, como o cinema, a TV, a internet, livros e outros em que boa parte são em língua inglesa.

Perguntas e respostas

Uma pessoa com curso superior irá ganhar mais dinheiro do que alguém sem formação?

Não necessariamente. A ideia de ganhar dinheiro não está implícito em uma formação superior, muito embora, em muitas situações isto é verdadeiro. Há muitas pessoas sem curso superior que ganham muito dinheiro com seu trabalho, contudo, alguém que tenha uma boa formação tende a ter mais oportunidades de trabalho e por isso pode ganhar mais.

O conhecimento é tudo que se precisa?

Não. Na educação técnica usamos os termos: conhecimento, habilidade e atitude, podendo inclusive incluir valores também. Esta definição ser para mostrar o conjunto que precisa ser trabalhado para a formação profissional de uma pessoa. Assim o conhecimento é parte importante, mas não pode ser visto isoladamente.

As faculdades e universidades formam como deveriam?

Como elas deveriam formar? Sem responder a esta pergunta, não poderemos respostar a outra. É comum ouvirmos críticas e muitas delas consistentes, mas muitas vezes esperamos das instituições e suas propostas educacionais, algo que elas não podem fazer. Em linha geral, as formações superiores que temos no Brasil é boa e aceitável. Há exceções, bem como há pessoas que não aproveitam todo o potencial que o curso oferece.

O conhecimento transforma?

Respeitando as devidas limitações, sim. Há conhecimentos que são inclusive destrutivos, mas quando usado de maneira correta e como mostrado acima, traz muitos benefícios. Isto ajuda e muito, mas transformação é uma palavra forte demais e precisaríamos entender bem o que queremos dizer. Penso que o conhecimento alavanca, esclarece e impulsiona positivamente.


VEJA TAMBÉM:

CANAL NO YOUTUBE

INSCREVA-SE:



Sistemas Web

Playlist de SQL

Youtube Youtube Youtube
© 2021 - Utilidade Pública: Tecnologia, Educação e Cidadania.